Rodriguinho lamenta chances perdidas, mas valoriza empate do Bahia no Uruguai

"Tivemos a chance de ampliar o placar, não conseguimos", disse.

O Esporte Clube Bahia teve uma grande chance de começar com o pé direito a Copa Sul-Americana de 2021 trazendo do Uruguai três importantes pontos. Abriu o placar, criou chances para ampliar e matar o jogo, mas acabou cedendo o empate ao Montevideo City Torque e ficou no 1 a 1, em partida realizada no Estádio Parque Alfredo Victor Viera, em Montevidéu. Rodriguinho, aos 8 minutos do primeiro tempo, abriu o placar para o Tricolor, mas Pizzichillo, aos 5 da etapa final, igualou o marcador. Após a partida, Rodriguinho concedeu entrevista e lamentou as oportunidades desperdiçadas, porém, valorizou o ponto somado fora de casa.

 

“É uma equipe difícil de se jogar, que toca bem a bola. Tivemos a chance de ampliar o placar, não conseguimos. Depois, sofremos um pouco. Mas saímos felizes por esse ponto, que é importante. Faltou, no primeiro tempo, matar as oportunidades que tivemos. Poderíamos ter feito outro gol para ficar tranquilo na partida. Infelizmente, não conseguimos. Esse ponto lá na frente poderá ser comemorado. Outros times terão bastante dificuldade por aqui”, disse.

Agora o Esporte Clube Bahia volta suas atenções para a semifinal da Copa do Nordeste. No sábado (24), o Esquadrão enfrenta o Fortaleza, às 20h30, na Arena Castelão. A decisão é em jogo único, e se houver empate, a definição da vaga será na disputa por pênaltis. Quem avançar, encara o vencedor de Ceará x Vitória. Pela Copa Sul-Americana, o Tricolor Baiano volta a campo na terça-feira (27), às 19h15, no Estádio Metropolitano de Pituaçu, pela 2ª rodada do Grupo B, para enfrentar o Club Desportivo Guabirá.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*