CSA perde nos pênaltis para o Remo e dá adeus à Copa do Brasil

CSA empatou em 1 a 1 com o Remo no Estádio Rei Pelé, em Maceió

Foto - Ailton Cruz

Foram definidos nesta terça-feira mais três times classificados para a terceira fase da Copa do Brasil. Mais cedo, o CRB venceu o Paysandu de virada por 2 a 1 no Estádio do Curuzu, embolsou R$ 1,7 milhão e garantiu a classificação. O time alagoano, que não perde há 11 jogos, enfrenta o Esporte Clube Bahia no sábado, às 16h, no Estádio de Pituaçu, pelas quartas de final da Copa do Nordeste. Já o Santa Cruz acabou derrotado pelo Cianorte pelo placar de 1 a 0, atuando no Estádio Municipal Olímpico Albino Turbay, na cidade de Cianorte, no estado do Paraná. O único gol do jogo, suficiente para classificar a equipe paranaense para 3ª fase, foi marcado pelo zagueiro Maurício, aos 20 minutos do segundo tempo.

 

Fechando os jogos do dia pela Copa do Brasil, mais um nordestino em campo. O CSA empatou em 1 a 1 com o Remo no Estádio Rei Pelé, em Maceió, e na disputa por pênaltis, o time alagoano acabou perdendo por 6 a 5. No tempo normal, Anderson Uchoa marcou o gol do time paraense, enquanto Dellatorre fez para o time alagoano. Eliminado da Copa do Brasil, o CSA agora foca na Copa do Nordeste. No sábado, enfrenta o Fortaleza, na Arena Castelão, pelas quartas de final.

Na 3ª da Copa do Brasil, os confrontos são decididos em ida e volta, no sistema mata-mata – em caso de placar agregado empate, a decisão também é por meio da disputa de pênaltis. Vale ressaltar serão inseridos os clubes que disputam a Copa Libertadores (Atlético-MG, Internacional, Flamengo, Palmeiras, São Paulo, Fluminense, Grêmio, Santos), além da Chapecoense (campeão da Série B), Ceará (campeão da Copa do Nordeste), Brasiliense (campeão da Copa Verde) e Athletico-PR (9º colocado do Campeonato Brasileiro). Eles serão divididos em dois blocos de acordo com a posição do ranking da CBF sendo que os confrontos serão definidos através de sorteio em data ainda não definida pela Confederação Brasileira de Futebol.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*