Técnico do Vila Nova prevê dificuldades contra o Atlético-BA pela Copa do Brasil

em entrevista coletiva, o técnico Wagner Lopes falou sobre o adversário

Depois das estreias do Bahia, Vitória e Juazeirense, todos com sucesso, nesta quarta-feira será a vez do Atlético de Alagoinhas colocar em jogo sua sorte da Copa do Brasil. O time baiano encara o Vila Nova de Goiás, no Estádio Antônio Carneiro, em Alagoinhas, às 17h. O time goiano joga pelo empate, para avançar à próxima fase da competição pelo melhor posicionamento do Ranking da CBF. Com nove pontos em cinco jogos, o Atlético é o novo líder do Campeonato Baiano, O Carcará assumiu a ponta da classificação no último fim de semana após golear por 3 a 0 Doce Mel, em Juazeiro.

 

Antes do embarque para Salvador, em entrevista coletiva, o técnico Wagner Lopes falou sobre o adversário e por se tratar de um time de menor expressão, o fato das informações serem mais escassas. Wagner destacou ter assistido jogos do Atlético e enalteceu o trabalho da análise de desempenho do clube.

“Nosso departamento de análise de desempenho trabalhou duro e eu assisti os últimos dois jogos do Atlético. E até onde vi, eles estavam em primeiro lugar, no Campeonato Baiano. No ano passado, chegaram à final e perderam nos pênaltis, então, vejo o time do Atlético muito forte. Eles tem o contra-ataque muito forte, se defendem muito bem, com três volantes que marcam muito e saem pro jogo”, analisou Wagner Lopes.

Wagner lopes que destacou pontos fortes do adversário.Dionísio, Willian e Ronan, juntos com os dois laterais, Édson de um lado e Paulinho do outro, o goleiro Fábio Lima tem uma reposição boa de bola. Os dois laterais apoiam muito o ataque, eles tem o número 10, o Miller que é muito bom jogador, é um falso nove, atrai a marcação para o Ronan e o Vitinho, um dos dois fazer o facão. É bem complicado marcar o time deles. Se você adiantar a marcação, acaba ficando exposto, então, é um time muito competitivo e joga em bloco baixo pra buscar o contra-ataque. O Vila tem que saber duelar, não dar o campo pro adversário e pode ter certeza, que vai ser um jogo duríssimo, não vai ser fácil pra nós não”, enfatizou Wagner.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*