Bellintani evita zona de conforto e promete mais mudanças no elenco do Bahia

"está longe de a gente entender o elenco como montado", disse.

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

O Esporte Clube Bahia teve uma grande atuação neste sábado goleando a equipe do Sport por 4 a 0 no Estádio Metropolitano de Pituaçu, pela 4ª rodada da Copa do Nordeste. Foi a segunda goleada do tricolor no ano – recentemente havia aplicado 7 a 1 no Campinense pela Copa do Brasil. Porém, também havia feito dois jogos muito ruins, contra Botafogo-PB e Vitória. Depois da goleada sobre o time pernambucano, o presidente Guilherme Bellintani em entrevista à TV Aratu afirmou que não entrará na zona de conforto por conta do resultado, e que este não mudará o planejamento da diretoria de reformular o elenco, além disso, prometeu mais novidades.

 

“Mostra justamente que é capaz de superar a falta de intensidade do último jogo. Também é importante que, a gente, apesar de ver um resultado como esse, naturalmente não vai entender que está tudo pronto e que o time está montado. Vem muita coisa por aí e muita coisa ainda vai ser alterada, porque não podemos cair na zona de conforto. E a terceira coisa que também é importante, no maior clássico do Nordeste, em 2020 não fomos felizes, mas esse resultado devolve à normalidade dos resultados do futebol do Nordeste”.

Até o momento, o Bahia já anunciou cinco reforços: os volantes Pablo, Jonas e Matheus Galdezani, o goleiro Júnior e o zagueiro argentino Germán Conti. O zagueiro Luiz Otávio já está em Salvador e deverá ser o sexto reforço anunciado. Questionado sobre a chegada do defensor, Bellintani desconversou e afirmou que não comenta contratação ou especulação antes da assinatura, além disso, frisou que o elenco ainda não está montado.

“A gente não fala de nenhuma contratação ou especulação antes de estar estar assinado. O torcedor sabe disso. É para não atrapalhar a negociação. O que eu posso dizer para o torcedor é que um resultado como esse não nos deixará de continuar de forma muito intensa a rever o elenco que não trouxe o resultado esperado pela torcida no ano passado. Vamos entender o resultado como bom, mas está longe de a gente entender o elenco como montado. Muito pelo contrário, ainda há muita coisa para fazer”.

 

Comentários:

2 Comentário

  1. Então tem que priorizar o goleiro Jean, Bahia foi o time que mais sofreu gols na pequena área por deficiência do goleiro, e foi uma das zagas mais vazadas, já veio dois bons zagueiros, precisamos de dois meias de criação e um centro-avante.

  2. Isso mesmo meu presidente, sem piegas nem firulas, o que nos importa de verdade é o futebol é o nosso BAEA fazendo bonito … a p l a u s o s

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*