Com saída de Sampaoli, Guto Ferreira é cogitado no Atlético-MG

Guto renovou o contrato recentemente com o Ceará

Foto: Julio Caesar / O POVO

Nesta segunda-feira, o técnico Jorge Sampaoli divulgou uma carta de despedida do Atlético Mineiro, com quem tem contrato até o fim de 2021, porém, não vai permanecer e deve acertar sua ida para o Olympique de Marseille, da França. As partes chegaram a conversar para uma renovação até o fim de 2022, mas as negociações foram interrompidas pelo treinador após a proposta do clube francês. O último jogo no comando do time mineiro será nesta quinta-feira, contra o Palmeiras, no Mineirão. Após a confirmação da saída do argentino, nomes começaram a surgir nos bastidores, e um deles é o técnico Guto Ferreira, que renovou recentemente com o Ceará.

 

De acordo com o jornalista Sérgio Loredo,  representantes do colegiado que administra o Atlético – formado pelo presidente Sérgio Coelho e quatro empresários parceiros do clube – fizeram uma sondagem pelo técnico Guto Ferreira. Guto tem vínculo com o Vozão até o fim de 2021. Mas com uma multa em valores acessíveis ao mercado brasileiro, em caso de proposta oficial. Além de “Gordiola”, a lista conta com Renato Gaúcho, em discussão de permanência no Grêmio, e Cuca, que saiu recentemente do Santos. No exterior, Leonardo Jardim, ex-Monaco, também é bem visto.

Veja a carta de Sampaoli:

“O ano de 2020 foi duríssimo para a humanidade. Nós temos de ser criativos e quisemos construir um time que, ao passar na TV, fizesse esquecer a tristeza por um momento. Não nos propusemos simplesmente a ganhar: tentamos ser felizes.

Não houve um só dia no Atlético Mineiro em que abandonássemos nossa ideia sobre futebol. Este time teve a valentia de jogar dentro e fora de casa da mesma forma. Jamais renunciamos a pensar na trave do rival. O Galo colocou seu coração em todo o país. Isso me dá um orgulho impressionante. Desejo que seja uma ideologia que se mantenha no clube. O futebol brasileiro tem um talento infinito e me fez reencontrar com a beleza do jogo, algo que irá me marcar para sempre.

Chegou o final. Na quinta, será a última partida. Saio com a nostalgia de não poder ter dirigido com o estádio cheio. Sei que nos emocionamos muito. Queria viver os vídeos que tinha visto de uma torcida apoiando sem parar.

Quero agradecer a todo o clube. Aos jogadores, pela entrega. A todos os funcionários da instituição, por colocar a alma nesse projeto. Aos dirigentes, por nos dar grandes condições de trabalhar. À cidade, por nos tratar tão bem.

O Galo está destinado a brigar por grandes coisas. Sei que as vitórias virão. Gosto muito de vocês e desejo que sigam caminhando com o coração como guia.

Jorge Luis Sampaoli”

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*