Técnico não comanda a Chapecoense contra o Vitória no Barradão

Umberto Louzer estava pendurado e foi advertido com o cartão amarelo

Foto: Márcio Cunha/Chapecoense

Com o triunfo por 2 a 1 sobre o arquirrival Figueirense, na Arena Condá, a Chapecoense conquistou na última terça-feira o acesso de volta à elite do futebol nacional. Com 66 pontos, a Chape ocupa a vice-liderança e agora vai disputar o título da competição com o América-MG, que lidera com 67. O próximo compromisso do time de Chapecó é no domingo, às 16h, contra o Esporte Clube Vitória, no Estádio Manoel Barradas. O Leão trava uma luta incansável para evitar o rebaixamento para Série C e no momento ocupa a 16ª colocação, com 38 pontos, dois pontos acima de Paraná e Figueirense, primeiros integrantes do Z4.

 

Para a partida, a Chapecoense não poderá contar com o seu treinador. Umberto Louzer estava pendurado e foi advertido com o cartão amarelo por reclamação aos 40 minutos do segundo tempo na vitória por 2 a 1 sobre o Figueirense. Com isso, o técnico não comanda a equipe diante do Vitória e deve ser substituído pelo auxiliar. Após a conquista do acesso, o treinador falou sobre a briga pelo título.

“Tenho que agradecer todas as pessoas que me ajudaram. Meus pais que sempre me deram a direção. Hoje, a gente chega e olha para trás e vê que valeu a pena. Agradecer a todos que nos ajudaram a retornar à primeira divisão. Ainda temos alguns jogos, vamos lutar com o América-MG pelo título. Temos que comemorar, mas descansar porque logo já tem o próximo adversário”, disse.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*