E.C.Bahia: Ano novo, novos nomes, falhas antigas e mesmos erros – Por Erick Cerqueira

O que era vergonha, virou escândalo com VAR

“eu sou adepto do ditado que: se nós fizermos as mesmas coisas nós vamos colher os mesmo resultados”
(CAVALCANTE, Dado. 2020)

‘… fiz a opção (colocar Clayson) por entender que nos traria mais agressividade, velocidade no jogo por dentro. E a gente manteria o padrão de um homem a mais no meio, que nos trouxe muita vantagem em relação ao nosso adversário.
(CAVALCANTE, Dado. 2021)

 

Eu juro que queria falar sobre muitas outras coisas no jogo de hoje, mas essa, sinceramente, foi a que me fez ir dormir com dor de cabeça. Porque é o fim da expectativa de ver esse jogador medíocre, afastado do Bahia. Não que ele seja culpado pela derrota de hoje. Mas porque ele representa o fim da expectativa de qualquer tipo de reação do meu time.  

Dado chega afastando Elias, promovendo subida de meninos do Sub20, acerta na escalação e depois cometeu os mesmo erros. E a pior zaga do campeonato, manteve a escrita.

A zaga do Bahia ensaiou tomar o primeiro gol do Grêmio, ontem. A jogada enfiada por Jean Pierre pro Diogo cruzar pra área foi tentado umas 2 vezes antes do gol. Numa delas Diego Souza cabeceia com perigo. Até que a zaga conseguiu tomar o gol. 1×0 pra eles.

Depois aconteceu o maior crime de 2021, até o momento. Gilberto gira pra cima do marcador, vai à frente, dá um drible lindo e faz um golaço. Comemora, a gente vibra e o VAR ROUBOU O BAHIA. Mais uma vez em Porto Alegre, onde como disseram no twitter: o Bahia precisa ir sempre de olho na carteira. Um crime injustificado, que deixou até os narradores com vergonha das tentativas de explicações dos árbitros. Vergonhoso. O CEP sempre influenciando pra CBF. O que era vergonha, virou escândalo com VAR.

No segundo tempo o Bahia volta na mesma pegada e o gol sai rápido. Num rebote de escanteio a bola sobra pra Anderson Martins acertar uma pancada e contar com desvio da zaga pra empatar. 1×1 e o Bahia numa crescente.

Até que o mesmo Anderson Martins, sai da área com o pé-alto, e o juiz marca “jogada perigosa”. Na cobrança, desvio, tentativa de Douglas, mas a fase tá ruim. 2×1 pra eles.

Mesmo atrás no placar, o Bahia seguia comandando o meio de campo. O jogo era aberto e com chances dos dois lados. Aí Dado me inventa uma de professor Pardal, típico de treinador novo que quer ser o Gato Mestre. Tirou o garoto Ramon, que fazia uma boa partida no meio de campo pra colocar Seu Creysson. E trocou Thiago Andrade, pra colocar Rossi. Eram 13 minutos do segundo tempo e depois disso o nome do goleiro do Grêmio só foi ouvido uma única vez até o fim do jogo. O Bahia morreu em campo, junto com a minha ilusão de mudança que vinha do discurso de posse do Dado.

Não é possível que imprensa esportiva e toda a Torcida Tricolor enxerguem Clayson como um jogador sem a menor capacidade de vestir a Camisa do Bahia e TODOS os técnicos que passam pelo clube, o vejam como uma solução. Ele entra em campo quando o time tá perdendo, quando tá empatando, quando tá vencendo de 1×0, quando tá dando goleada, dentro de casa, fora de casa, com chuva, com sol, a tarde, a noite…

Clayson virou a antiga “pomada do peixe-elétrico”, que curava desde gripe até o câncer terminal e era vendida nos pontos de ônibus de Salvador. Não é possível que um mesmo jogador seja a solução pra qualquer caso, pra qualquer jogo. E o Bahia siga com 9 derrotas consecutivas, na pior série dos 90 anos do Clube, e o reeleito Bellintani, vai levar isso na biografia.. 

Bora Baêa Minha Porra! 

Em tese, o pior já passou. Enfretamos 5 do G8 (São Paulo, Flamengo, Palmeiras, Inter, Grêmio), quase em sequência e agora tende a amenizar. O problema é que fomos goleados pelo Bragantino e perdemos, de novo, pro Ceará, também. Foco na missão! 

Nessa reta final não existe mais tempo para erros antigos Se Dado conhece quase 100% dos jogadores do elenco, e por isso voltou a ser treinador, que ao menos isso faça isso valer a pena.  

Comentários:

3 Comentário

  1. Rapaz… Ano novo, choro velho. Com todo respeito, eu homem feito (oia) teria vergonha de ficar chorando desse jeito. Eventos como este só servem para alimentar a teoria da perseguição e dar munição ao presidente. Ele agora vai fazer um projeto social para maior trasnparência do VAR e vai discursar na FIFA. Já vi esse filme ! OIA

  2. Confesso que posso ser o mas pessimista de todos, e olhe que já fui muito otimista, mas sinceramente praticamente joguei a toalha, com essa zaga não dá o time pode fazer cinco gols que levará seis com essa zaga, já vi muitos jogadores ruins no Bahia, mas esses zagueiros e laterais que temos aí, de longe são uns dos piores que já existiram, Nino, Anderson Martins, Juninho, Errando não vou nem expressar os meus sentimentos e minhas palavras carinhosas que tenho pra eles em respeito aos muitos tricolores pais de família e quanto a Clayson sem comentários o padrinho dele é bom demais. Não vou me estender muito pq quero poupar meu coração e minha mente já deu cansei. E como sempre roubados discaradamente mas uma vez.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*