Com gol de Rafael Sóbis, Cruzeiro quebra longa invencibilidade da Chapecoense

Chapecoense perde a segunda partida na Série B

Mais jogo encerrado pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B nesta sexta-feira e seguramente o de maior apelo por envolve clubes que caíram abraçados no ano passado, mais ainda, por se tratar da Chapecoense líder disparada da competição enfrentando o Cruzeiro que vem ameaçado sempre sucesso um inicio de um processo de recuperação após o desembarque em Belo Horizonte do técnico afamado, porém, ultrapassado Luiz Felipe Scolari

A Chapecoense além de defender a liderança também buscava mantém uma invencibilidade dupla. 17 jogos sem derrota e também a invencibilidade quando atuando dentro da Arena Condá em Chapecó onde disparou 10 jogos, venceu seis e empatou 4, sendo que um dos empates foi registrado contra o Esporte Clube Vitória pelo placar de 1 x 1. o time de Chapecó, depois de 22 jogos, sofreu apenas um derrota, quando perdeu ainda pela 5ª rodada quando caiu na Arena Pantanal pelo placar de 2 x 1. Não bastando toda essa boa performance o time de Chapecó marcou 25 gols e sofreu apenas seis.

Por outro lado, o Cruzeiro apesar de está beirando a zona de rebaixamento vem de uma seqüência de 8 jogos sem derrotas, sendo três triunfos e empate, porém, está bem mais próximo da zona de rebaixamento do que da zona de acesso.

Quando a bola rolou apesar da qualidade de ambas as equipes fizeram um jogo travado, brigado no meio de campo, repleto de passes errados e assim, foram raras as chances de gols de lado a lado notadamente nos primeiros 45 minutos. No segundo tempo, o jogo cresceu em movimentação, o Cruzeiro foi melhor, inclusive tendo uma penalidade assinada, porém, desmarcada pelo arbitro assistente acertadamente, Rafael Sóbis acertou uma bola na trave batendo falta, logo depois, nova falta desta vez o jogador com perfeição não deu chances ao goleiro João Carlos, decretando o triunfo do time mineiro e o fim de uma longa invencibilidade do time de Chapecó, além de impor a sua primeira derrota dentro de casa. Este foi à sétima partida do técnico Felipão comandando o Cruzeiro com quatro triunfos e três empates.

Com o resultado, a Chapecoense com estagnada com 47 pontos, viu a distancia do vice-líder ser reduzida com o triunfo do América-MG do técnico Lisca em cima do Juventude pelo placar de 2 x 1 contabilizando 43 pontos. Já o Cruzeiro, ainda com o triunfo, segue na mesma décima quinta posição,  agora com 28 pontos, impedido de avançar com o triunfo do Grêmio Brasil de Pelotas em cima do CRB pelo placar de 2 x 1 que era o único clube alcançável pelo Cruzeiro na rodada

Na seqüência da competição, o Cruzeiro retornando ao Estádio do Mineirão encara o Confiança em jogo agendado para a próxima sexta-feira (27) às 21h30. No outro dia, sábado, (28) a Chapecoense no Estádio de Brinco de em Campinas encara o Guarani às 21h. Ambos os jogos valem pela vigésima quarta rodada da competição.

JOGOS DA 23ª RODADA DA SÉRIE B

SEGUNDA, 23/11
17h30 – Figueirense 1 x 2 Sampaio Corrêa
20h00 – Botafogo-SP 0 x 1 Avaí

TERÇA, 23/11
16h30 – Paraná 1 x 2 Guarani
19h15 – CSA 1 x 0 Operário
19h15 – Ponte Preta 1 x 0 Oeste
19h15 – Confiança 2 x 0 Cuiabá
21h30 – América-MG x Juventude
21h30 – Brasil de Pelotas 2 x 1 CRB
21h30 – Chapecoense 0 x 1 Cruzeiro

QUARTA, 25/11
19h00 – Náutico x Vitória

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*