Adversário do Bahia na Sul-Americana já aplicou 3 a 0 no Atlético-MG

O Unión de Santa Fé é da primeira divisão do Campeonato Argentino

Photo by JOSE ALMEIDA / AFP)

O Club Atlético Unión, conhecido e tratado simplesmente como Unión de Santa Fé, por ser sediado na província de Santa Fé, surpreendeu quando perdeu dentro de casa para o Emelec, porém, venceu no Equador e agora enfrenta o Esporte Clube Bahia em dois jogos decisivos da Copa Sul-Americana. Mas antes disso, foi carrasco do Atlético Mineiro, eliminando o Galo que na ocasião era comandado pelo venezuelano Rafael Dudamel. No primeiro jogo, em fevereiro, o time argentino aplicou 3 a 0 no Estádio 15 de Abril, com gols de Walter Bou (ex-Vitória), Javier Cabrera e Gabriel Carabajal, e perdeu o jogo de volta por 2 a 0 no Independência, com gols de Otero e Hyoran. Já na Sul-Americana do ano passado, foi eliminado na primeira fase pelo atual campeão do torneio, o Independiente del Valle, do Equador, que venceu os argentinos nos pênaltis.

 

O Unión de Santa Fé é da primeira divisão do Campeonato Argentino e neste momento ocupa a décima colocação com 43 pontos depois de realizada 27 rodada. No seu último resultado foi derrotado pelo Boca Junior pelo placar de 2 x 0. O melhor resultado da equipe vermelha e branca no campeonato nacional aconteceu em 1979 quando caiu na final sendo derrotado pelo River Plate. O Unión de Santa Fé já caiu para Série B da Liga Argentina varias vezes, sendo que em dado período, assim como o Bahia, passou sete anos na divisão intermediária.

O Clube no passado contou com o futebol do atacante Leopoldo Luque, campeão mundial com a Argentina na copa de 1978, e Nery Pumpido, goleiro também campeão do mundo no México em 86. O time joga em Estádio próprio Estádio que leva o nome de 15 de Abril com capacidade para aproximadamente 27 mil espectadores e foi inaugurado no já distante ano de 1929.

Se na primeira fase, o Unión-ARG eliminou o Atlético-MG, na segunda fase passou aperto e quase foi eliminado pelo Emelec, perdendo o jogo de ida por 1 a 0 e vencendo a partida de volta por 2 a 1, se classificando pelo critério do gol qualificado. Já o Bahia, na primeira fase despachou o Nacional-PAR, vencendo os dois jogos com autoridade: 3 x 0 na Fonte Nova e 3 x 1 no Paraguai. E nesta quinta-feira, aplicou 4 a 0 no Melgar após perder por 1 a 0 no Peru.

Bahia tem melhor o ataque e o artilheiro da Sul-Americana 2020

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*