Vitória da Conquista busca fechar com chave de ouro a 2ª rodada dos baianos na Série D

Vitória da Conquista lidera o Grupo 4 da Série D

Foto: Luciana Flores

Neste sábado (27), a 2ª rodada da Série D do Campeonato Brasileiro começou perfeita para o futebol baiano. Na reestreia do técnico Arnaldo Lira, o Bahia de Feira fez o dever de casa e venceu o Villa Nova-MG, pelo placar de 2 a 0, com gols de Ebinho e Menezes. Com o triunfo, o Tremendão chegou aos 3 pontos e assumiu a 5ª colocação do Grupo A6. Já o Atlético de Alagoinhas se recuperou da derrota na estreia e aplicou 3 a 0 na Caldense, no Estádio Doutor Ronaldo Junqueira. Os gols foram marcados por Robert, Tobinha e Dedeco. Com a vitória, o Carcará chegou aos 3 pontos e assumiu a terceira colocação no Grupo A6. Neste domingo, é a vez do Vitória da Conquista entrar em campo para tentar manter os 100% de aproveitamento na competição, a liderança do Grupo 4 e fechar com chave de outro a rodada para os times baianos.

 

Único time baiano a vencer na estreia, derrotando o Coruripe por 2 a 0 no Lomanto Júnior, o Vitória da Conquista fará seu primeiro jogo fora de casa no próximo domingo (27), às 16h, diante do Freipaulistano, no Estádio Titão, na cidade de Frei Paulo, em Sergipe. O Bode lidera o Grupo 4 com 3 pontos. Quem apita o duelo é o árbitro Rudimar Goltara, do Espírito Santo. Os outros integrantes da arbitragem são de Sergipe. Renner Lisboa dos Santos e Tâmara Nayara Muhlstedt Souza são os assistentes, enquanto Jackson Ribeiro de Souza Sobrinho o quarto árbitro e Edmo Oliveira Santos como analista de campo.

Depois de uma sequência de oito anos, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) mudou parte do formato da disputa do Campeonato Brasileiro da Série C, que foi mantido a competição, com todos os 20 times. No entanto, a partir de 2020, os times não vão mais disputar o acesso para a Série B por meio de mata-mata, mas sim de dois quadrangulares. Até o ano passado, os times eram divididos em dois grupos de dez, dali, os oito classificados – os quatro melhores de cada – disputavam um mata-mata. Agora, ao invés disso, os oito classificados serão novamente divididos em grupos, para a disputa de dois quadrangulares. O melhor de cada quadrangular segue para a final e os segundos colocados sobem para a Série B, junto com os finalistas. Assim, o único mata-mata a ser disputado será para definir o campeão.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*