Preparador físico da comissão de Mano Menezes morre aos 49 anos

O Cruzeiro, clube em que trabalhou de 2016 a 2019, lamentou a morte de Dudu

Sidnei Lobo (à esquerda), Mano Menezes e Eduardo Silva receberam homenagem quando passaram pelo Cruzeiro — Foto: Vinnicius Silva

Durante a transmissão do jogo entre Corinthians e Bahia, o repórter André Hernan deu a triste notícia da morte do preparador físico Eduardo Silva, que faleceu nesta quarta-feira, vítima de um AVC. Conhecido como Dudu, ele fazia parte da comissão técnica de Mano Menezes, que o aguardava em Salvador para comandar o Bahia. O treinador foi informado sobre o falecimento do amigo durante a partida. Segundo Hernan, Mano e membros de sua comissão se emocionaram muito ao saberem do fato.

 

Dudu havia sofrido um AVC (acidente vascular cerebral) no início de setembro, período em que Mano Menezes começou a negociar com o clube baiano. Devido ao problema de saúde do colega, Mano adiou a assinatura de contrato com o Tricolor. Pelo acordo, o preparador seria incorporado aos trabalhos no CT Evaristo de Macedo tão logo se restabelecesse.

Nascido em 22 de janeiro de 1977, Eduardo Silva tinha 43 anos e era formado pela Escola Superior de Educação Física e Desportos de Catanduva, especializado em Fisiologia do Exercício pela Escola Paulista de Medicina (EPM), da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Ele tinha, ainda, mestrado em Ciência do Movimento Humano foi realizado na Universidade federal do Rio Grande do Sul (UFGRS).

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*