Gilberto completa 12 jogos sem marcar e tem titularidade ameaçada

Gilberto vive seu pior momento com a camisa do Bahia

Fotos: Felipe Oliveira / EC Bahia

O atacante Gilberto iniciou a temporada em alta e antes da paralisação, já havia marcado 7 gols em 10 jogos. No entanto, o camisa 9 sofreu uma lesão no primeiro jogo após a retomada do futebol e desde que retornou, não conseguiu mais balançar as redes e atravessa uma péssima fase. Gilberto passou em branco nos dez jogos pós-paralisação e ao todo, soma 12 jogos CONSECUTIVOS sem marcar, certamente o seu pior momento no tricolor e superando até a fase ruim que teve em 2019. Nesta quarta-feira, na derrota por 3 a 2, contra o Corinthians, além de perder gols claros, que não é acostumado, contribuiu para o primeiro gol corintiano desviando chute de Otero que iria para fora.

 

A última vez que Gilberto marcou gol foi contra o Nacional-PAR, no dia 26 de fevereiro, quando anotou duas vezes no triunfo por 3 a 1, no Paraguai, pelo jogo de volta da primeira fase da Copa Sul-Americana. Após a retomada do futebol, o camisa 9 sofreu um estiramento no joelho no final de julho no primeiro jogo pós-paralisação, contra o Náutico e, por isso, ficou de fora da reta final do Baiano e da Copa do Nordeste. Só retornou na 2ª rodada do Brasileiro, contra o Red Bull Bragantino, ou seja, ainda não balançou as redes no Campeonato Brasileiro.

Com a má fase, Gilberto – que recentemente alcançou a marca de 100 jogos pelo Bahia – começa a ter sua titularidade ameaçada e pode perder a vaga para o atual concorrente, Saldanha, que entrou no lugar do camisa 9 na quarta-feira e marcou seu primeiro gol no Brasileirão. Fernandão, que era o reserva imediato, rescindiu contrato com o clube e deve se transferir para o futebol turco. O próximo compromisso do Bahia é no dia 26 de setembro, contra o Athletico-PR, na Arena da Baixada. O Esquadrão ocupa a 16ª colocação com 9 pontos.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*