Atlético de Alagoinhas goleia a Caldense fora de casa pelo Brasileiro da Série D

Atlético de Alagoinhas se recupera da derrota na estreia da Série D

Em jogo que fechando os jogos da segunda rodada do grupo 6 do Campeonato Brasileiro da Série D, o Atlético de Alagoinhas se reabilitou na competição. O time baiano estreou caindo dentro de casa na rodada passada diante do Gama de Brasília pelo placar 1 x 0, no entanto, hoje à noite, agora atuando no Estádio Municipal Doutor Ronaldo Junqueira em Poços de Caldas (MG), o time comandado por Agnaldo Liz fazendo uma ótima e sendo superior ao adversário durante os 90 minutos, venceu o Caldense pelo placar de 3 x 0. Robert abriu o placar aos 31 minutos ainda do primeira etapa de jogo, enquanto Tobinha batendo e convertendo penalidade máxima fez o segundo e Dedeco confirmou o primeiro triunfo na competição de forma expressiva do time baiano.

 

Com o resultado, o Carcará soma três pontos e a assume a a terceira posição do grupo, atrás apenas de Tupynambás e Gama que somam seis pontos cada um. Na sequência da competição, o Atlético enfrenta o lanterna Palmas em jogo programado para a próxima quinta-feira (1) às 19h no Estádio Antônio Carneiro em Alagoinhas. Já a Caldense que acumula duas derrotas em dois jogos,, busca a reabilitação no mesmo dia e horário encara o Gama novamente em Nova Lima em Poços de Caldas.

O Atlético de Alagoinhas está no Grupo 6 da Série D ao lado de Brasiliense, Caldense, Gama, Palmas, Villa Nova e Tupynambás.

O Campeonato Brasileiro da Série D na sua edição 2020 ganhou um novo formato, bem diferente em relação às edições anteriores. A novidade foi a realização de um torneio Pré-Classificatório reunindo oito clubes para quatro avançarem à fase de grupos. Os jogos de mata-mata já foram realizados inserindo na competição Ji-Paraná, Baré, Real Noroeste e Brasiliense.

A competição vai reunir 64 clubes, divididos em oito grupos de oito. Eles jogam entre si em turno e returno – 14 rodadas – avançando à segunda fase os quatro melhores, totalizando 32 clubes. A partir daí, as fases serão em mata-mata, caindo para 16, 8, 4 (semifinais) e 2 (final). Os semifinalistas vão ascender à Série C em 2021.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*