Ao ver a “Cavalgada”, Paulo Borrachinha promete “degolar” Israel Adesanya

"Vi agora a atitude desrespeitosa e inaceitável que ele teve", disparou

Brasileiro nascido em Minas Gerais, Paulo Borrachinha praticamente não falou sobre o nocaute que sofreu na luta do último sábado pela edição 253 do UFC contra o nigeriano Israel Adesanya, que, aliás, venceu de modo incontestável e sem deixar a mínima dúvida da sua superioridade. Porém, antes de embarcar ao Brasil nesta segunda-feira, o mineiro publicou um vídeo em uma das redes sociais onde destilou um enorme descontentamento com a atitude do nigeriano que simulou uma espécie de “cavalgada” quando Paulo Borrachinha ainda estava no chão, atitude que foi batizada pela imprensa do sul do pais como “Sarrada”.  (Veja o vídeo abaixo).

 

“Vi agora a atitude desrespeitosa e inaceitável que ele teve”, disse Borrachinha “Vou cobrar isso dentro do octógono na nossa próxima luta, vou cobrar cada centavo. Dana White, faz essa luta acontecer, não tinha visto essa atitude dele dentro do octógono, agora virou questão de honra. O Paulo ‘Borrachinha’ agressivo como sempre, estarei 100% para arrancar a cabeça desse palhaço desrespeitoso”, disparou e completou: “Vocês me conhecem e já sabem, não vou vir aqui para dar desculpa. Mas na próxima luta eu vou estar 100%, e quero estar 100%.

“Adesanya é o seu foco. Ele estava pensando em subir de peso, mas não vai mais porque quer pegá-lo e o UFC deve isso a ele. Ele está realmente chateado, indignado com a atitude dele depois da luta. Ele é um vagabundo. Guerreiros lutam e quando acabar, acabou. Mas fazer isso depois da luta? Ele é um vagabundo e pode esperar um pesadelo vindo para ele. Essa é a pior coisa que ele poderia ter feito. Costa é pura raiva agora”, revelou o empresário.

A SARRADA

Deixe seu comentário

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*