Vice-campeão baiano completa 83 anos de fundação nesta quinta-feira

Presidente do Conselho Deliberativo do Bahia de Feira, Thiago Souza, comenta sobre o crescimento do club

Ascom/ Bahia de Feira

Vice-campeão baiano, o Bahia de Feira completa nesta quinta-feira (2) completa 83 anos de história. O clube que é gerenciado pelo Grupo Nobre desde 2009, sob o comando do Professor Jodilton Souza, Thiago Souza e da vice-presidente Mayara Correia viveu momentos de glórias e decepções, mas sempre se manteve de pé.

“Quem olha o Bahia de Feira por diversos ângulos e nas diversas vertentes que um clube de futebol pode se mostrar, percebe que o time é diferenciado. Não é para qualquer um ter uma estrutura que dá todas as condições para atletas profissionais, de base, equipe de apoio e demais funcionários desenvolverem suas atividades. O futebol é muito mais do que as quatro linhas” reportou o site oficial do clube.

A seriedade e o comprometimento são duas características que caminham juntas com a trajetória do Tremendão. Prova disso é que, passando pela maior pandemia da história do país, o Bahia de Feira foi um dos poucos clubes do interior da Bahia a manter os contratos dos atletas, comissão técnica e funcionários. Ninguém ficou desamparado.

Porém, nem sempre foi tão fácil quanto parece. O Presidente do clube, Professor Jodilton Souza, lembra do início da sua trajetória à frente do Tremendão. Segundo ele, algumas dificuldades foram gritantes quando o Grupo Nobre assumiu a direção do clube.

“Tivemos duas dificuldades. A primeira é que dificilmente você monta uma equipe e consegue êxito. A segunda foi o investimento muito alto. Mas deu tudo certo, conseguimos com muito esforço construir esse clube que está despontando no cenário do futebol do estado”, citou.

O Presidente do Conselho Deliberativo do Bahia de Feira, Thiago Souza, comenta sobre o crescimento do clube desde o período em que o Grupo Nobre está à frente da gestão. Segundo ele, o desejo principal é tornar o Bahia de Feira referência no futebol brasileiro.

“Estamos à frente do Bahia de Feira desde 2009. É notório o crescimento do Bahia de Feira a nível de torcida e de resultados. No futebol, o importante é o resultado, é a paixão que move o torcedor. Nossa vontade é colocar o Bahia de Feira sempre em alta no cenário do futebol nacional”, disse.

Quem acompanha de perto a gestão do clube, sabe que a vice-Presidente, Mayara Correia, tem papel fundamental no desenvolvimento das atividades. Num meio em que, mesmo em 2020, os homens são maioria, Mayara consegue se destacar com muito brilho. Ela revela a emoção de fazer parte da gestão do Tremendão.

“É muito emocionante fazer parte do Bahia de Feira, eu sou apaixonada por esse clube, e isso fica muito explícito. Tudo aqui é levado muito a sério, somos uma família, e isso é motivo de grande orgulho”, findou.

83 anos de história. Dono de um privilégio que não é para qualquer um. Conquistas. Glórias. Gestão de respeito. São esses detalhes que, em breve, tornarão o Bahia de Feira referência no cenário futebolístico nacional. É tudo questão de tempo.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*