Clubes entram na Justiça e conseguem suspender rebaixamento do Campeonato Carioca

dois clubes entraram na Justiça para tentar cancelar o rebaixamento

Foto: André Durão / GloboEsporte.com

A Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca, retornou no dia 18 de junho e deve ser finalizado já no próximo dia 8 de julho. Nesta quinta-feira, será realizado os últimos jogos da primeira fase da competição. No entanto, mesmo após o seu encerramento, a disputa pode continuar fora de campo, nos tribunais. Dois clubes já foram rebaixados (Cabofriense, que caiu para a seletiva do Estadual no ano que vem; e o Nova Iguaçu, que disputou a seletiva e caiu para a Segunda Divisão estadual). Porém, os dois clubes entraram na Justiça para tentar cancelar o rebaixamento em função da pandemia do novo coronavírus e conseguiram uma liminar do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJD-RJ) nesta quarta-feira para impedir que a Ferj homologue as quedas.

 

Ainda segundo informação do Globoesporte, a decisão não significa que o tribunal é a favor de cancelar o rebaixamento, apenas impede a oficialização dos rebaixados até o julgamento. Como os clubes alegaram prejuízos econômicos, financeiros e técnicos por causa da pandemia, o TJD intimou os demais 14 times do Campeonato Carioca para ouvir a opinião de todos no prazo de 48 horas. A Ferj também terá que se manifestar.

“Diante do exposto, necessária a concessão da medida liminar, pois a homologação desses resultados pode gerar insegurança jurídica face a possibilidade de êxito quando estes autos forem julgados de forma definitiva”, escreveu o presidente em exercício do TJD-RJ, José Jayme Santoro.

A Cabofriense perdeu para o Bangu nesta quarta-feira por 1 a 0 e terminou na lanterna da classificação geral com apenas três pontos em 11 jogos disputados, tendo conseguido sua única vitória no jogo contra o Vasco em São Januário. Por sua vez, o Nova Iguaçu não somou nenhum ponto nos três jogos da seletiva, que também teve America e Americano.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*