Organizada do Bahia não vai participar dos protestos pró-democracia

Torcida organizada bamor divulgou uma nota oficial sobre o caso

Foto – Felipe Oliveira/EC Bahia

No último domingo (31), torcedores das torcidas organizadas Gaviões da Fiel, do Corinthians, e Mancha Verde, do Palmeiras, se se reuniram na Avenida Paulista, na capital do estado para um pró-democracia e contra o presidente Jair Bolsonaro. No próximo domingo (07), mais protestos devem acontecer pelo Brasil, inclusive, de grupos de torcedores do Esporte Clube Bahia, que pretendem aderir à manifestação. A BAMOR, maior organizada do clube, divulgou uma nota nesta quinta-feira e anunciou que não vai participar dos protestos. Na nota, a Bamor explica que  os associados tem o livre arbítrio de fazer suas escolhas políticas e partidárias de forma individual sem nenhuma interferência da entidade.

 

VEJA A NOTA:

“A Torcida Bamor vem por meio desta informar que não tem nenhuma participação diante dos protestos que vem sendo organizados para este domingo (07/06). Somos uma instituição que respeita o regime democrático, que é o pilar da sociedade, e nossos associados tem o livre arbítrio de fazer suas escolhas políticas e partidárias de forma individual sem nenhuma interferência da entidade. Nossa instituição tem como objetivo atender aos interesses do Esporte Clube Bahia, que é o maior e único motivo de nossa existência.”

Para o próximo domingo, presidentes das principais organizadas de Corinthians e Palmeiras afirmaram também de forma oficial que não convocaram seus membros para irem às ruas. No entanto, seus presidentes destacaram que dentro delas cada pessoa tem pensamentos diferentes e que não passarão por cima dessas opiniões.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*