Lateral do Vitória não vê a hora de voltar a jogar, mas com segurança

"Eu torço pra que tudo isso passe e a gente possa retomar"

Foto: Letícia Martins/ECV

O Esporte Clube Vitória já está há mais de 100 dias sem disputar um jogo oficial. Na última vez que entrou em campo, no dia 15 de março, o Leão atuou em dose dupla. No Barradão, pela Copa do Nordeste, o time até então comandado pelo técnico Geninho goleou o River-PI, por 4 a 1, e encaminhou a classificação para as quartas de final. Já em Riachão do Jacuípe, pelo Campeonato Baiano, o (hoje extinto) time de Agnaldo Liz perdeu por 1 a 0 para o Jacuipense. No dia seguinte aos dois jogos, começaram as negociações para suspensões das competições. O lateral-direito Van não esconde a ansiedade para o retorno das competições, porém, prega pela segurança de todos.

 

“Eu torço pra que tudo isso passe e a gente possa retomar as competições com tranquilidade e segurança. Estou esperançoso e não vejo a hora de voltar a jogar”, comentou.

Quando o futebol retornar, o Vitória terá duas decisões pela frente. Pela Copa do Brasil, enfrenta o Ceará no Estádio Manoel Barradas precisando vencer por dois gols de diferença para avançar de fase. Na ida, o Leão perdeu por 1 a 0 na capital cearense. Vale lembrar que a competição não existe mais o gol qualificado como critério de desempate, ou seja, qualquer vitória do time baiano por 1 a 0, carrega a decisão para a disputa das penalidades máximas. O outro confronto importante será contra o Botafogo-PB, fora de casa, pela última rodada da Copa do Nordeste. Van falou sobre a preparação para o retorno.

“Está sendo aos poucos, com todas as restrições e cuidados orientados pelo clube. Não vejo dificuldades, vejo adaptações que estamos fazendo devido à nossa nova realidade do covid-19”, afirmou Van.

 

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*