Ceará registra 17 casos de covid-19, incluindo 9 jogadores do time principal

23 atletas já estão liberados para voltar aos treinos em campo

Primeiro time do Nordeste a retomar os treinos após 75 dias de paralisação devido a pandemia do coronavírus, o Ceará retomou os trabalhos na última segunda-feira apenas com oito jogadores que já tinham testes com resultados negativos para o vírus. Entretanto, nesta quinta-feira (4), o clube anunciou que onze jogadores tiveram o resultado positivo em seus exames, enquanto 23 atletas já estão liberados para voltar aos treinos em campo. Dois deles tiveram teste positivo, mas estão recuperados e podem participar das atividades.

 

Os outros nove que estão infectados cumprem protocolo de isolamento. Após o período de reclusão desses jogadores, eles voltarão a realizar novos exames. Outros quatro jogadores do time Alvinegro também precisam ficar isolados por terem suspeita de contato com pessoas contaminadas pelo vírus.

“Por ética médica e direito à confidencialidade, os nomes dos testados não serão divulgados. As liberações acontecerão progressivamente a partir da próxima semana, conforme cumprimento de prazo individual de isolamento e parecer clínico”, informou o clube.

Cinco integrantes da comissão técnica também apresentaram resultado positivo, mas já estão recuperados e podem voltar a trabalhar, respeitando as escalas e divisões das equipes, conforme as medidas de segurança para saúde. Dos funcionários testados pelo Ceará, sete tiveram resultado positivo e estão recuperados e três ainda permanecem em isolamento, por enquanto. Ao todo, o clube realizou 148 testes rápidos, 69 exames do tipo RT-PCR, mais precisos para detecção do coronavírus, e outros 24 testes sorológicos.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*