‘Arena Esquadrão’: Sant’Ana revela projeto de estádio oferecido ao Bahia em 2017

A oferta foi feita por um grupo de investidores no ano de 2017

Presidente do Esporte Clube Bahia no triênio de 2015 a 2017, Marcelo Sant’Ana por meio do canal de sua empresa, Footway, no Youtube, revelou detalhes do projeto de estádio oferecido ao clube, que seria chamado de Arena Esquadrão. Ele recebeu a oferta no último ano de sua gestão, feita por um grupo de investidores, que projetaram um estádio com com capacidade para quase 26.912 torcedores e que ficaria localizado onde atualmente fica o Parque de Exposições de Salvador. Conversas chegaram a acontecer, mas a situação não prosseguiu. Ainda segundo ele, os investidores “entregariam o material completamente pronto sem o Bahia fazer qualquer esforço financeiro e no momento em que o Bahia realizasse seu primeiro jogo nesse estádio, o Bahia passaria o Fazendão para esse grupo investidor, seria como um sinal de pagamento”.

 

“Em 2017, ainda como presidente eu fui procurado por um grupo investidor, no qual seria esse grupo investidor que faria o aporte, não sairia nada dos cofres do Bahia, eles buscavam junto ao governo do estado serem responsáveis pela construção do novo centro de convenções da Bahia, faria também um complexo comercial com hotéis e incluindo uma arena, tudo isso localizado no parque de exposição, na avenida Paralela”.

“Eles fariam um estádio com capacidade para 26.912 pessoas para o Bahia e entregariam esse material completamente pronto sem o Bahia fazer qualquer esforço financeiro e no momento em que o Bahia realizasse seu primeiro jogo nesse estádio, o Bahia passaria o Fazendão para esse grupo investidor, seria como um sinal de pagamento pelo Esporte Clube Bahia. Além de um financiamento, cujo prazo não chegou a ser discutido, entre uns 20 a 25 anos a gente seria sócio nesse estádio, onde parte das receitas seria desse sócio investidor, esse projeto de estádio seria orçamento em 250 milhões de reais e parte das receitas também ficaria com o Bahia”.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*