Apontado como sede da Copa do Nordeste, governador do Ceará sequer pensou no assunto

"Não há nenhuma data definida. Tudo será feito com critério e responsabilidade."

O Ceará já foi apontado como o mais forte estado para sediar a conclusão da Copa do Nordeste por já ter firmado um protocolo para reduzir o distanciamento na retomada do futebol, no entanto, o governador Camilo Santana (PT) através de nota negou que os jogos de futebol estariam permitidos a partir de 6 de julho. Por meio de sua conta no Twitter, Camilo disse que o retorno “sequer é considerado” pelo Estado. “Não há nenhuma data definida. Tudo será feito com critério e responsabilidade”, continuou o governador.

 

Sobre a informação do retorno de jogos de futebol para 6 de julho, isso não está, sequer, sendo considerado pelo Estado. NÃO PROCEDE. O mesmo vale para datas divulgadas de retorno de aulas presenciais. Não há nenhuma data definida. Tudo será feito com critério e responsabilidade.

PERNAMBUCO

Já estado de Pernambuco outro estado que concorre com a Bahia para sediar as últimas rodadas da competição promete para a próxima quarta-feira uma definição. Em entrevista coletiva Secretaria de Saúde do Estado (SES-PE) afirmou que o Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus do órgão analisou últimos números gerais da Covid-19 para poder autorizar ou não o reinício de alguns serviços, dentre eles a prática de partidas profissionais de futebol.

“A decisão será tomada após observação feita neste final de semana quando se encerrou a 26ª semana epidemiológica” disse

Federação Pernambucana de Futebol (FPF) já enviou um protocolo ao governo do estado garantindo o retorno seguro do Campeonato Estadual a partir do dia 5 de julho. Agora, segundo o presidente Evandro Carvalho, a entidade aguarda um aceno da SES-PE, que, de acordo com o mandatário, deve sair até quarta-feira.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*