Ainda sem se reapresentar, Daniel Alves faz acordo com o São Paulo

Assessoria de Daniel Alves negou que o jogador teve coronavírus

Foto: Mauricio Rummens/FotoArena/Estadão Conteúdo

O São Paulo iniciou o período de testes físicos, fisiológicos e clínicos iniciado nesta semana no CT da Barra Funda, porém, alguns jogadores não apareceram nos primeiros dias de trabalho. É o caso do lateral-meia Daniel Alves que, segundo informação do Globoesporte, chegou a um acordo com a comissão técnica de Fernando Diniz e o clube, e só vai se reapresentar no início de julho, quando os treinamentos vão começar na nova pré-temporada. Cada caso tem razões diferentes. Não há confirmação do número de jogadores nessa situação.

 

O São Paulo divulgou que um jogador e um funcionário estão com Covid-19 e foram afastados do trabalho. No entanto, de acordo com a assessoria pessoal de Daniel Alves, o atleta não foi diagnosticado com o vírus. Gonzalo Carneiro, por exemplo, está no Uruguai e também não participa dessa primeira semana de testes. Por causa da pandemia, o governo federal prorrogou uma medida de restrição na entrada de estrangeiros no país.

Diante disso, o São Paulo enviou documentação para comprovar vínculo de trabalho e espera que ele seja liberado para viajar ao Brasil neste sábado. Em grave crise financeira, o São Paulo cogita estender o corte salarial dos jogadores. Uma das possibilidades na mesa é manter a redução de 50% até o fim do ano.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*