Jornal coloca ex-atacante do Bahia como alvo de clube português

Clayton defendeu o Bahia de 2018 até o início de 2019

Foto: Felipe Oliveira / ECB

Com passagem apagada pelo Esporte Clube Bahia entre 2018 e 2019, o atacante Clayton estaria na mira do Vitória de Guimarães, time da primeira divisão de Portugal. De acordo com informação do jornal português “A Bola”, o jogador, que defendeu o Vasco na temporada passada, tem contrato com o Atlético-MG até dezembro de 2020 e poderá assinar no meio do ano um pré-acordo com outro time e sair de graça. O clube mineiro pretende negociar o atleta e manter uma parte dos direitos econômicos. Segundo a imprensa portuguesa, Clayton receberia 120 mil reais mensais no Vitória de Guimarães, ou seja, uma redução de 60% do que recebe no Galo – algo em torno de 300 mil.

 

Fora dos planos dos últimos técnicos que passaram pelo Atlético-MG, Clayton teria uma chance de ser observado por Jorge Sampaoli, inclusive, o treinador reintegrou o jogador ao elenco alvinegro após várias passagens longe de BH, por Vasco, Bahia, entre outros times. Clayton estava treinando separadamente desde o início da temporada 2020 e era pretendido pelo Figueirense. Porém, pelo alto salário do jogador, o negócio com o alvinegro não saiu. Clayton fez 62 jogos pelo Galo, marcando apenas nove gols em sua passagem pelo futebol mineiro.

Revelado pelo Figueirense, Clayton foi contratado em 2016 pelo Atlético Mineiro com status de grande promessa e reforço mais caro do clube mineiro naquele ano – 3,5 milhões de euros (R$ 15,2 milhões à época). No primeiro ano pelo Galo, fez 46 jogos e marcou 7 gols. Em meados de 2017, foi emprestado ao Corinthians, porém, não se firmou por lá, entrando em campo apenas 14 vezes anotando 2 gols.

Quando chegou ao Bahia, no 2º semestre de 2018, ele não atuava desde 2017 já que vinha se recuperando de cirurgia para reconstrução do ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo. No Esquadrão, o atleta atuou apenas 19 jogos (7 deles esse ano) e marcou dois gols (na temporada passada).

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*