Diretor do Cruzeiro confirma acerto com Régis: ‘Só falta a assinatura’

Régis será emprestado pelo Bahia ao Cruzeiro por um ano

Régis é alvo do Cruzeiro desde o início do ano, mas o interesse aumentou após a chegada do técnico Enderson Moreira que deu o aval para a contratação do jogador com quem trabalhou no Esporte Clube Bahia. As negociações estão encaminhadas, valores e tempo de contrato já foram acertados, faltando apenas a assinatura do contrato para o anúncio oficial, foi o que afirmou o diretor de futebol da Raposa, Ricardo Drubscky, em entrevista exclusiva à Itatiaia nesta quinta-feira. O atleta de 27 anos chegará a Raposa por empréstimo até o final do ano, com renovação automática até dezembro de 2021 caso o clube consiga o acesso à Série A. Os vencimentos serão divididos entre os dois clubes e o Cruzeiro deve adquirir um percentual dos direitos econômicos de Régis. Vale lembrar que o vínculo com o Bahia termina no final deste ano.

 

“A negociação com o Régis está bem encaminhada. Eu diria que se a gente tiver os trâmites dos documentos já resolvidos, a gente pode anunciar logo, logo. Já tem data para começo do contrato, todos os números. Já está tudo muito adiantado. Só não posso dizer ao torcedor do Cruzeiro que está cravado porque a gente precisa da assinatura. Mas eu acredito que não vai ter problema”, declarou.

Em entrevista à Itatiaia na última terça-feira (31), o técnico Enderson Moreira teceu vários elogios ao atleta. “Trata-se de um meia-atacante muito interessante. É um jogador mais vertical, joga na direção do gol. Não é meia-armador, que não vem armar as jogadas. É um jogador de último terço de campo. É um meia-atacante, quase segundo atacante, que tem facilidade no drible, é muito inteligente para achar o passe entrelinhas, dar assistências e que finaliza muito bem”, disse.

Régis chegou ao Bahia em 2016, emprestado pelo Sport-PE, após passagem apagada pelo Palmeiras. Na primeira temporada pelo tricolor, marcou 4 gols em 26 jogos. Em 2017, deslanchou e foi peça importante na conquista da Copa do Nordeste, marcando 13 gols em 49 jogos no ano. Acabou sendo envolvido na negociação pelo goleiro Jean e ficou em definitivo no Tricolor. Em 2018, manteve as boas atuações, atuando 43 vezes e marcando 6 gols, atraindo a atenção do Al-Wehda que pagou para ter o jogador por empréstimo em setembro de 2018 até julho de 2019. Porém, não atuou pela equipe árabe e retornou ao Brasil, sendo emprestado ao Corinthians, atuando apenas sete jogos na temporada passada. Esse ano, até aqui, Régis atuou apenas dois jogos, contra River-PI pela Copa do Brasil e CSA pela Copa do Nordeste, ambos saindo do banco de reservas, exatos 32 minutos em campo.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*