Bahia aguarda decisão do Basel sobre Ramires e está aberto a negociar

Ramires tem contrato até o final de maio com o Basel

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Empresado ao Basel, da Suíça, com obrigação de compra (de 100% dos direitos econômicos por R$ 30 milhões) em caso de cumprimento de metas específicas, o meia Eric Ramires atuou apenas dois jogos pela equipe, um em 2019 pelo Campeonato Suíço, antes de sofrer a lesão, e outro no mês passado pela Europa League. Com a paralisação do futebol em razão da pandemia do coronavírus, o atleta não vai atingir as metas estabelecidas no contrato que tem validade até 30 de junho. Seria necessário atuar em 23 jogos. No entanto, o Esquadrão ainda aguarda uma decisão do clube suíço e está aberto a negociar caso haja interesse da permanência. Porém, se não houver acordo, Ramires volta e pode ser aproveitado por Roger Machado. O jovem tem contrato com o clube baiano até o fim de 2022.

 

“Ramires tem contrato até o final de maio com o Basel, que tem a opção de compra por 6 milhões de euros. Vamos aguardar. Temos falado com ele, o Diego fala bastante também. Não temos maiores informações do Basel. Ramires jogou pouco, teve duas contusões lá somadas a própria pandemia e ao período de adaptação dele em Basel. Então, a gente tem uma dificuldade em entender exatamente o que o Basel vai propor, quais são os parâmetros, mas não tendo negócio, Ramires volta e compõe o nosso time aqui. Tendo negócio, estamos à disposição para fazer e flexibilizar o que for necessário”, disse.

Em busca de um substituto para o volante Bruno Guimarães, vendido ao Lyon, da França, o Athletico Paranaense chegou a fazer ma investida pelo meia Eric Ramires. Porém, a proposta de 2 milhões de euros (cerca de R$ 10,5 milhões) não agradou a diretoria tricolor.

Revelado nas divisões de base do Esporte Clube Bahia, Ramires despontou na temporada 2018, após chamar a atenção no time de aspirantes e ser promovido ao time principal. Disputou 17 jogos e marcou dois gols na primeira temporada, atraindo olhares de clubes da Europa, exemplo do Arsenal que mandou representante ao Brasil para acompanhar o jogador na Arena Fonte Nova. Outros clubes europeus também demonstraram interesse, além de Palmeiras, Flamengo, Santos e Corinthians. No início de 2019, foi chamado pela Seleção Brasileira Sub-20 para disputar o Sul-Americano da categoria, no entanto, ao retornar, não repetiu as atuações de 2018 e perdeu espaço. Foram 33 partidas e dois gols anotados na segunda temporada.

Em novembro do ano passado, Ramires deixou a Suíça com destino a Salvador para realizar tratamento médico no centro de treinamento do Fazendão. O jogador sofreu lesão no músculo anterior da coxa em sua partida de estreia pelo Basel, contra o Zurique, no fim de setembro. Recuperado, o atleta retornou para Suíça e chegou a atuar no mês passado.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*