Vitória da Conquista vai dispensar alguns jogadores, revela presidente

"Casos individualizados", afirmou o mandatário

Com a paralisação do Campeonato Baiano por tempo indeterminado devido a pandemia do Coronavírus, o Vitória da Conquista – assim como outros clubes – suspendeu as atividades e liberou os funcionários e jogadores do elenco principal e divisões de base. No entanto, o presidente Ederlane Amorim admite que alguns atletas serão dispensados. “Todos foram liberados até novas orientações e informações. Alguns sim [serão dispensados]. Casos individualizados”, afirmou em entrevista ao Bahia Notícias. 

 

Sobre a suspensão do Estadual, o presidente do Bode diz ser favorável. “Se fez necessário pelo momento que o mundo atravessa. Medidas adotas em todo o mundo e aqui não poderia ser diferente. As consequências disso no futebol eu vejo como secundárias. A vida e o freio da proliferação da doença são os mais importantes”, avaliou.

No oitavo lugar com 7 pontos e chances remotas de classificação para as semifinais do Campeonato Baiano, o ECPP também vai disputar esse ano a Série D do Brasileiro. A competição também foi suspensa pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). “Não sabemos nada ainda, nem se terá Série D. É esperar informações”, disse.

 

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*