Bahia e ECPP podem ser multados por falta de registro de técnicos no BID

Dado não teve seu nome publicado no BID da CBF

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Esporte Clube Bahia e Vitória da Conquista podem ser multados pelo ribunal de Justiça Desportiva do Futebol da Bahia (TJD-BA). De acordo com o portal Bahia Notícias, o técnico Dado Cavalcanti não teve o seu nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF e comandou a equipe no empate em 1 a 1 com a Juazeirense e no triunfo por 2 a 0 sobre o Vitória da Conquista. O último registro do treinador na CBF foi a rescisão com o Paraná, no dia 3 de abril de 2019.

 

O mesmo caso se aplica ao técnico Elias Borges, do Vitória da Conquista. Porém, neste caso, o treinador teve seu nome publicado no BID no dia 24 de janeiro, dois dias após a estreia do Bode no Campeonato Baiano, no empate em 2 a 2 com o Jacuipense, no Estádio Lomanto Júnior. A situação nos dois casos fere o artigo 191 (deixar de cumprir ou dificultar o cumprimento da regra) do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). A multa varia entre R$ 100 e R$ 100 mil.

O Capítulo V, artigo 24 do regulamento do Campeonato Baiano diz que “os clubes deverão providenciar o registro dos seus treinadores nos mesmos moldes dos procedimentos adotados para seus atletas, sem a necessidade de pagamento de taxas, conforme Lei.8.650, de 20/04/1993”.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*