Presidente do Bahia nega racha no elenco ou premiação não cumprida

Presidente revelou detalhes do acordo com os jogadores

A queda de rendimento do Esporte Clube Bahia, acumulando neste momento oito jogos sem vencer, levantou vários questionamentos, como possível racha no elenco ou um pedido de “bicho” por parte dos jogadores que não foi cumprido, no entanto, em entrevista nesta segunda-feira ao Programa do Esquadrão, o presidente Guilherme Bellintani negou os boatos e afirmou que tudo não passa de fake news. O mandatário garantiu que a proposta de premiação foi feita pelos atletas e a diretoria entrou com uma contraproposta que logo foi aceita.

 

“Não há racha no elenco, não há premiação não cumprida. Ela (premiação) foi proposta pelos atletas. Eles fizeram uma proposta e nós entramos com uma contraproposta, que logo foi aceita. Negociação foi muito rápida. Quando a gente faz uma premiação para uma conquista de vaga, o torcedor tem que entender que nenhuma premiação que qualquer clube pague vai ser maior do que o ganho individual quando conquista a vaga. Se a gente fosse, ou for (para a Libertadores), cada atleta tem uma valorização absurda. Esse contrato ganha outra dimensão. A premiação de valorização do seu passe, da sua carreira. Há três tipos de prêmios. O primeiro é a felicidade; o segundo, é o prêmio que o clube paga; o terceiro, a valorização. Esse aí não tem preço. Nossa premiação é significativa, é a maior da história do clube. Você não vê atleta do Bahia fazendo barca, perdendo noite. É um grupo sério, unido e o mais unido que eu já vi. Agora, essas coisas acontecem e a gente tem que reconhecer erros. Não existe racha, falta de premiação”, disse.

Sem fugir das responsabilidades, Bellintani disse que é preciso ser racional nesse momento e procurar os erros para corrigi-los. “Eu trago muito para mim. Todo torcedor traz. Mas eu, nessa função, somatizo demais. Eu praticamente não dormi, isso impacta no dia a dia. Tem que ser racional, enfrentando com coragem. A gente está errando, identificando os erros. Às vezes, atletas que passaram por momentos decisivos. Isso é uma falha do nosso elenco, para diluir isso. O que importante é o projeto sério, continuamente demorado”, comentou.

Bellintani garante Roger no Bahia em 2020 e admite cobrança aos jogadores

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*