Bellintani garante Roger no Bahia em 2020 e admite cobrança aos jogadores

Treinador discute com diretoria planejamento para 2020

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Independentemente do que aconteça nesses últimos quatro jogos que restam para encerrar o Campeonato Brasileiro da Série A e com eles finalizar a temporada para o Esporte Clube Bahia, o técnico Roger Machado está garantido no comando do time para 2020. Apesar da má fase e dos oito jogos sem triunfo, nunca foi levantada a possibilidade de demissão do treinador que tem respaldo com a diretoria e juntos já iniciaram o planejamento para o próximo ano.

 

Em entrevista ao Programa do Esquadrão, nesta segunda-feira (25), o presidente Guilherme Bellintani confirmou a permanência de Roger que tem contrato até o final de 2020 e afirmou que já existem discussões buscando melhorias para a próxima temporada. Com o treinador, o Bahia foi campeão baiano, chegou nas quartas de final da Copa do Brasil e ocupa o 10º lugar no Brasileirão.

“O Roger permanece com a gente em 2020. Ele discute conjuntamente com a gente os erros. O bom de ter alguém como Roger, é olhar dentro do olho e poder conversar o que errou. A gente coloca tudo sempre na mesa. Todos os projetos que vivi na minha carreira eu gosto de colocar todo mundo na mesa, de discutir quem e como errou, e como melhorar. O Bahia hoje é um clube que tem participação de todo mundo. Os jogadores estão sendo cobrados, mas não posso dizer que eles não estão se dedicando, porque eu estaria errado. A doença do Bahia não é falta de foco, como se os jogadores fossem malandros. A doença do Bahia é o descontrole emocional. O Roger segue em 2020. É um treinador que se envolve no clube, com muita experiência dentro e fora do campo”, disse o presidente.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*