Lei do Ex!? Fernandão reencontra o Palmeiras hoje na Fonte Nova

Fernandão vestiu a camisa do Palmeiras em 2011/2012

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Natural do Rio de Janeiro, José Fernando Viana de Santana começou na base do América-RJ e acumula passagens por Tombense, Flamengo, Volta Redonda, Macaé, Paysandu, até chegar ao Democrata em 2011, onde começou a despontar para o futebol, marcando 8 gols em 11 jogos e em seguida pelo Guarani anotando 5 tentos em 16 partidas, o atacante Fernandão no mesmo ano desembarcou no Palestra Itália para defender o Palmeiras. A estreia não poderia ter sido melhor: Marcando o gol da vitória alviverde por 2 a 1 no clássico paulista contra o Corinthians. Encerrou o ano com 2 gols em 18 jogos pelo Verdão. Em 2012, disputou o Paulistão pelo time paulista e anotou 3 gols em 8 jogos, porém, acabou não permanecendo e foi comprado pelo Atlético-PR.

 

No Fucarão, marcou 3 gols em 11 jogos, antes de ser emprestado ao Esporte Clube Bahia, onde teve sequência de jogos e maior destaque. Foram 41 jogos e 18 gols marcados, se tornando um xodó da torcida tricolor. Após a excelente temporada no Esquadrão, foi vendido pelo clube paranaense ao Bursaspor da Turquia, onde teve grande destaque, sendo contratado pelo Fenerbahçe, onde seguiu marcando gols, porém, no Al-Wehda viveu um pesadelo, diante dos problemas pessoais e também pelo pouco tempo em campo: fez apenas 14 jogos e marcou 2 gols.

Com o desejo de voltar ao Brasil e sempre declarando vontade de vestir novamente a camisa tricolor, o atacante começou a negociar com o Bahia que fez um grande esforço para repatriar o jogador. Desembarcou em festa na capital baiana, recepcionado por muitos torcedores, mas sabendo que teria uma forte concorrência do atacante Gilberto – vivendo seu melhor momento na carreira. Ainda assim, Fernandão já atuou 42 jogos na temporada, marcando 12 gols, e neste domingo pode ser titular contra seu ex-clube, o Palmeiras, em partida marcada para às 16h, na Arena Fonte Nova. Caso entre em campo, será a primeira vez que ele enfrentará o clube alviverde depois de sua passagem por lá. Em 2013, quando defendia o Bahia, o Palmeiras disputava a Série B.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*