Fora da briga pelo G-6, Roger mira melhor campanha da história do Bahia

Esquadrão fez 50 pontos em 2017 e terminou no 12º lugar

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Apesar de ainda ter chances matemáticas de vaga na pré-Libertadores, principalmente com a possibilidade da existência de um G-8 na hipótese do Flamengo ser campeão da atual edição em cima do River Plate no dia 23 de novembro, o Esporte Clube Bahia mudou completamente seu foco no Campeonato Brasileiro. Após sete jogos seguidos sem vencer, o Esquadrão – que chegou a alcançar o sexto lugar – desceu a ladeira de vez e ocupa a 9ª colocação com 44 pontos, na alça de mira de Vasco da Gama e Goiás que aparecem logo abaixo na tabela de classificação. A distância para o oitavo colocado é de seis pontos e para o G-6 é de nove pontos.

 

Com o ‘quase adeus’ à briga pela Libertadores, a meta do Esporte Clube Bahia agora é igualar ou superar melhor desempenho dos pontos corridos em 2017, quando a equipe somou 50 e ficou no 12º lugar. Para alcançar a mesma pontuação, precisaria vencer duas das últimas cinco partidas. Terá pela frente ainda Goiás, Atlético-MG, CSA, Vasco e Fortaleza. Na entrevista coletiva, o técnico Roger Machado falou sobre o assunto.

“Podemos fazer a melhor campanha da história do Bahia no Brasileiro. Isso que a gente tem que buscar. Onde vai nos levar? Não sei. Esses momentos são muito importantes para avaliar o grupo para possíveis mexidas, e a gente saber como pode criar para passar por esses momentos”, disse o treinador.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*