Expulso equivocadamente, volante desfalca o Vitória contra o Figueirense

Léo Gomes foi expulso aos 28 minutos do primeiro tempo

Fotos: Maurícia da Matta / EC Vitória

No momento em que fazia uma boa partida e vencia por 1 a 0, o Esporte Clube Vitória foi prejudicado pela arbitragem e ficou na bronca com o árbitro cearense Adriano Barros Carneiro que expulsou de forma vergonhosa o volante Léo Gomes, para revolta dos jogadores rubro-negros. O jogador tomou o primeiro amarelo aos 26 minutos por parar com falta contra-ataque da Macaca, porém, dois minutos depois sequer tocou direito no atleta ponte-pretano, mas o juiz enxergou como falta dura e deu o segundo amarelo, consequentemente o vermelho. Mesmo com 10, o Leão conseguiu a vitória por 2 a 1 com gol de Jordy Caicedo nos acréscimos.

 

Com a expulsão, o volante Léo Gomes terá que cumprir a suspensão automática e, desta forma, não enfrenta o Figueirense, às 16h30 (de Brasília) do próximo sábado, no Estádio do Barradão, pela 32ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Com a vitória sobre a Ponte Preta, o Leão soma 36 pontos e sobe para o 15º lugar abrindo quatro pontos do Figueirense, primeiro clube dentro da zona de rebaixamento.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*