Jogando com 10, Jacuipense perde para o Manaus e se despede da Série D

Jacuipense lutou até o fim, mas foi eliminado na semifinal da Série D

Foto: Rômulo Almeida

Foi conhecido neste sábado o primeiro finalista do Campeonato Brasileiro da Série D 2019. Depois de longas e autÊnticas batalhas envolvendo inicialmente 68 times que foram divididos em 17 chaves regionalizadas, Manaus e Jacuipense e Manaus se enfrentaram no inicio da noite deste sábado na Arena Vivaldo Lima pela partida de volta das semifinais da competição, com o time amazonense defendendo invencibilidade dentro de casa, enquanto, a Juazeirense querendo fazer história tentando contrariar de cerca de 16 mil torcedores do time local na Arena Amazonas, aliás, número limitado, já que o equipamento será utilizado para um show da próxima semana.

 

No entanto, o sonho do time baiano ficou pelo meio do caminho, não por falta de luta ou dedicação. Brigou, lutou, porém acabou sendo derrotado através de um gol de pênaltis atuando cerca de 70% do jogo com um jogador a menos. Ainda com a derrota e a natural frustração de qualquer derrotado que se respeita, a Jacuipense volta para casa honrado e com a certeza que representou com dignidade o estado da Bahia na competição.

Primeiro tempo de total igualdade e equilíbrio com a Jacuipense não se acovardando, manteve a partida sobre o controle ameaçando pouco, porém não incomodada de forma importante, no entanto, aos 35 minutos com a expulsão o volante Nilson Junior por jogada violenta, o Manaus subiu de produção, foi para cima, mas todas as investidas do time amazonense foram contidas pela segura zaga do time baiano.

No segundo tempo, a Jacuipense optou claramente em tentar levar a decisão para os pênaltis, jogando fora, pressão de todos os lados e se não bastasse todas as dificuldades, atuando um jogador a menos, logo não tinha alternativas. Com isto o time adversário, subiu de produção, sufocou, pentelhou, alugou os dois lados do campo e o jogo se transformou um embate de defesa contra o ataque até aos 18 minutos quando Tiago Lima derruba Rossini na área, o árbitro marca penalidade, Hamilton, conhecido da região como Zlatan Ibrahimović do Nordeste, bate e converte fazendo 1 x 0 e derruba a casa da Jacuipense que lutou como um desesperado, porém, não foi capaz de resistir a melhor qualidade do adversário que continua invicto atuando na Arena Amazonas.

Agora o Manaus aguarda seu adversário que sairá do confronto entre Brusque-SC e Ituano-SP, que duelam às 16h de domingo, em Brusque (SC), no Estádio Augusto Bauer. No primeiro duelo, triunfo rubro-negro pelo placar de 2 a 0 e vaga encaminhada para os paulistas.

A classificação do time do Manaus até à final do Brasileiro da Série D é inédita e sendo assim, o time se tornou o segundo clube do Amazonas a disputar uma final de uma competição de apelo Nacional. O primeiro foi o América local que disputou com Guarany de Sobral-CE o titulo da competição em 2010, porém sem sucesso, sendo derrotado na grande final naquele ano.

Veja os melhores momentos de Manaus 1 x 0 Jacuipense pela Série D

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*