Ex-atacante da dupla Ba-Vi celebra rápida readaptação ao futebol japonês

Rhayner tem 2 gols em 9 jogos pela equipe japonesa

Com passagens por Bahia e Vitória, o atacante Rhayner foi um dos destaques do Sanfrecce Hiroshima no triunfo sobre o Sagan Tosu no último sábado por 2 a 0 pela 19ª rodada da J League. Foi o segundo gol dele em 9 partidas disputadas pelo clube nipônico. O atleta celebrou a rápida readaptação ao futebol japonês e a vitória da equipe que ocupa a sétima colocação da competição com 28 pontos. O líder Tokyo, goleado na rodada, tem 39. Apesar da distância, o jogador mantém o otimismo e acredita na conquista do campeonato.

 

“Estou muito feliz com a minha rápida readaptação ao futebol japonês. Conquistei a titularidade, venho fazendo gols e participando bem das jogadas ofensivas. Acredito que terei uma temporada fantástica. Faltam 15 jogos para cada time, ou seja, 45 pontos em disputa. Ainda o enfrentaremos nesse segundo turno e em caso de vitória nossa, a diferença a ser tirada cairia para oito pontos. Estamos totalmente na briga”, disse.

Na temporada passada, Rhayner vestiu a camisa do Vitória e acabou não permanecendo após o rebaixamento à Série B do Brasileiro, mesma situação de 2014 quando jogou no Bahia e após ser campeão baiano, fez parte do rebaixamento e acabou dispensado após um desentendimento com o diretor de futebol da época. No Leão, em 2018, jogou 33 partidas e marcou 2 gols.

O atacante Rhayner defendeu o Leão pela primeira vez em 2015 com bom desempenho marcando 8 gols em 42 jogos, antes disso, em 2014 vestiu as cores do Bahia onde foi campeão baiano e na temporada anotou 4 gols em 30 jogos, porém, foi rebaixado com a equipe na ocasião e logo após teve seu contratado rescindido após uma confusão com o então diretor de futebol Rodrigo Pestana, depois de cobrar pendências financeiras.

O jogador tem 27 anos acumula passagens também por Grêmio Prudente,Tombense, Marília, Figueirense, Linense, Náutico, Fluminense, Ponte Preta e Kawasaki Frontale, do Japão.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*