Apresentado oficialmente, Chiquinho pede o apoio da torcida do Vitória

"Temos que entrar diferente para buscar a vitória"

Foto: Thiago Pereira

Apresentado na tarde desta segunda-feira (08), ao lado do goleiro uruguaio Martín Rodríguez e o volante Baraka, o meia Chiquinho, que também atua como lateral esquerdo, falou sobre a recepção no Esporte Clube Vitória e a sequência do Campeonato Brasileiro da Série B em que o Leão precisa se recuperar e no momento ocupa a lanterna com apenas quatro pontos. O recém-chegado prometeu um início diferente após a parada da Copa América e pediu o apoio do torcedor rubro-negro.

 

“Já vim jogar várias vezes contra o Vitória e sei o quanto é difícil. A torcida fazendo as coisas acontecerem lá em cima, nós vamos estar querendo ainda mais. Baraka e eu temos poucos dias aqui, mas fomos bem acolhidos. Sabemos que a Série B é um campeonato muito difícil, sabemos de nossa situação no campeonato, tivemos esse tempo de folga para poder treinar e ajustar o máximo possível para terça-feira entrar com uma postura diferente. Pedimos que a torcida venha nos apoiar que vai ser um início totalmente diferente. Temos que entrar diferente para buscar a vitória e pontuar no campeonato para buscar nosso objetivo, que é estra entre os quatro na tabela”, afirmou.

Ele também falou sobre a passagem na China. “A gente trabalha sempre para cumprir contrato, mas as coisas não acontecem da maneira que você planejar. Mas foram muito bacana os seis meses que passei na China. Hoje estou tendo essa oportunidade de estar aqui e passar um pouco que aprendi. Jogador que fica em jogar é muito ruim. Estou tendo a chance de voltar e jogar. Tenho certeza que vou ser muito feliz aqui no Vitória”

Natural de Caxias (MA), Francisco Souza dos Santos, mais conhecido como Chiquinho, tem 29 anos e se profissionalizou no Atlético Mineiro após atuar nas divisões de base de Caxias-MA, América-MG e Brasiliense. Acumula passagens ainda por Tupi, Coimbra-MG, Ipatinga, Nova Iguaçu, Corinthians, Ponte Preta, Fluminense, Santos, Flamengo, Shonan Bellmare e Oito Trinita do Japão, São Caetano, etc. Na temporada passada ele atuou pelo Coritiba, entrando em campo 23 vezes e marcou dois gols. Esse ano, acertou com o Meizhou Hakka, da China, mas fez apenas três jogos por lá.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*