Paulo Paixão deu um salto de qualidade no time do Bahia na questão física

"o Bahia de hoje mostra excelência exigida para o futebol profissional"

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Nesse momento gostaria de Falar de um profissional em especifico, o Professor Paulo Paixão, cujo currículo apresenta conquistas como: 2 Copas do Mundo, 3 Libertadores de América, 1 Mundial Interclubes, 3 Copa das Confederações, entre outros inúmeros títulos por onde passou. Por que estou falando dele, em especial, pelo salto de qualidade da equipe na questão física, pois o Bahia de hoje mostra excelência exigida para o futebol profissional de alto nível e tem um time que compete nos 90 minutos com uma capacidade de entrega jamais vista por essas bandas.

 

Em outros tempos, aos 15 ou 20 minutos o time já não mais respondia fisicamente, o que atrapalhava a execução técnica e tomada de decisões por parte dos atletas, que resulta fatalmente, num crescimento do aproveitamento das jogadas construídas, por muitas das vezes em gols. Além disso, os jogadores não estão sofrendo tantas lesões como antes em decorrência da fadiga causada pela maratona exigida pelo malfadado calendário do futebol brasileiro.

Mas, há um fator ainda mais importante, a presença desta comissão técnica no Banco de reservas impõe um respeito só visto antes na época de Evaristo de Macedo e olhe lá, hoje a Arbitragem olha pra um banco com profissionais respeitadíssimos no cenário nacional,o que não ocorria com as comissões anteriores. A voz do Banco para a arbitragem hoje é ouvida com mais respeito sim, pois além de Roger Machado, há um profissional com todo gabarito como o professor Paixão, e creio que muitos equívocos, antes não considerados, serão vistos com outros olhos dentro do campo de jogo.

O melhor de Tudo é ver que um profissional com 68 anos de idade, uma carreira consolidada e repleta de conquistas e triunfos, ainda está motivado e realizando um trabalho com primazia e compromisso, respeitando o Bahia como se deve, sabendo onde está e o que o clube representa no cenário mundial do futebol, enquanto bi campeão brasileiro inconteste que é.

Em um cenário favorável como estamos há vários aspectos que podem ser considerados, mas quis tocar nesse ponto, por causa de um motivo especial, hoje temos o que merecemos e damos a resposta nos associando e sendo os maiores responsáveis pela receita do clube, que bem gerido, tem dado a resposta administrativa desde 2013, o que culmina num trabalho aprovado pela torcida e que nos dá uma perspectiva concreta, em médio prazo, de conquistas de títulos nacionais.

VAMOS RUMO A TERCEIRA ESTRELA

BORA BAEEA MINHA PORRA

Diego Campos, torcedor do Bahia, amigo e colaborador do Futebol Bahiano.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*