Eleições no Vitória 2019: Candidato admite que não votou nele próprio

2.746 sócios estão habilitados para exercer o direito do voto

Foto: Maurícia da Matta / EC Vitória

As eleições do Esporte Clube Vitória seguem neste momento com tranquilidade. Até então, segundo a comissão eleitoral informa, cerca de 600 sócios votaram. 2.746 sócios estão habilitados para exercer o direito do voto. Uma curiosidade: Walter Seijo é candidato, no entanto, admitiu que não votou nele próprio. Seu voto foi para o favorito Paulo de Sousa Carneiro e explicou em declarações publicadas ao jornal Correio da Bahia. Ainda que o fato não tenha sido novidade, se manteve curioso.

“Eu só me candidatei porque, se conseguissem fazer com Paulo (Carneiro) alguma barbaridade, eu coloquei meu nome à disposição a pedido do grupo. O grupo entendeu que alguém tinha que ir para o sacrifício. Eu fui de coração aberto. Eu sou Paulo Carneiro”, frisou Seijo.

“Eu seria o candidato deste grupo, caso Paulo fosse impedido. Como ele não foi impedido, estamos todos juntos. A minha candidatura foi uma alternativa, uma vacina contra a canalhice”, afirmou.

“Esse grupo teve problema de convivência. Graças a Deus, superado. Esse grupo voltou a ficar unido. E agora, sob a liderança de Paulo, nós esperamos vencer as eleições”, completou.

Vale lembrar que a candidatura de Paulo Carneiro à presidência do Vitória, nesta quarta-feira, por exemplo, a desembargadora Márcia Borges Faria emitiu decisão em que aprovou, por ora, a candidatura de Carneiro. A eleição, no entanto, ficou sub judice: ou seja, a justiça pode decidir, depois, que o candidato era inelegível.

Deixe seu comentário

4 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*