Agora é oficial: Roger Machado é o novo técnico do Esporte Clube Bahia

Bahia anunciou a contratação do treinador de 43 anos

Agora é oficial. Através do tradicional SMS enviado aos sócios e com comunicado nas redes sociais, o Esporte Clube Bahia anunciou a contratação do seu novo treinador para substituir Enderson Moreira. Trata-se do gaúcho Roger Machado, de 43 anos, que estava sem clube desde que deixou o Palmeiras em julho do ano passado. No Verdão, ele comandou o time em 44 jogos, com 27 vitórias, 8 derrotas e 9 empates.

As partes chegaram a um acordo nesta terça-feira (02) e o treinador, inclusive, acompanhou a partida contra o CRB que terminou no empate por 1 a 1 pelo jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil. Roger Machado assina contrato até o fim de 2020. Com ele, chegam o auxiliar Roberto Ribas, o analista de desempenho Jussan Lara e o preparador físico Paulo Paixão.

Além do Palmeiras, Roger acumula passagens por Juventude, Novo Hamburgo, Grêmio e Atlético Mineiro. Ele assume o Bahia para disputa do Campeonato Brasileiro, que começa no final do mês, além da Copa do Brasil e das finais do Campeonato Baiano. O Tricolor foi eliminado na primeira fase da Copa Sul-Americana e Copa do Nordeste.

A estreia de Roger deve acontecer em 9 de abril, no jogo de volta do duelo contra o CRB pela Copa do Brasil. Nesta terça-feira, o Esquadrão enfrenta o CRB no Rei Pelé, em Maceió, com o auxiliar Cláudio Prates no comando.

Confira abaixo o comunicado do Bahia:

 

O Esporte Clube Bahia comunica que Roger Machado é o novo técnico do Esquadrão.

Multicampeão como jogador e com passagens recentes por Palmeiras, Atlético-MG e Grêmio, o profissional de 43 anos assinou contrato até o final de 2020 e vai desembarcar na quinta-feira (4) em Salvador.

Roger é apontado como responsável pela montagem do Grêmio campeão da Copa do Brasil em 2016 e do Palmeiras campeão do Brasileirão de 2018. Ele iniciou os trabalhos antes das chegadas de Renato Gaúcho e Felipão. Em 2017, conquistou o Campeonato Mineiro à frente do Atlético.

Nos três clubes, obteve aproveitamento superior a 60% dos pontos e somou 189 jogos.

Roger Machado Marques, gaúcho de Porto Alegre, colecionou títulos como a Libertadores de 1995 e o Brasileirão de 1996 dentro das quatro linhas. A nova carreira começou em 2011, como auxiliar do Grêmio, quando chegou a assumir a equipe em dois clássicos contra o Inter – e venceu ambos.

Após experiências no Juventude e no Novo Hamburgo, foi efetivado no Grêmio em 2015, temporada em que impôs uma histórica goleada de 5 a 0 sobre o rival e terminou o Nacional na 3ª colocação.

Ficou no Tricolor dos Pampas até setembro de 2016. No período, dirigiu o time em 102 partidas. Em novembro, fechou com o Galo, onde permaneceu até julho de 2017.

A contratação pelo Palmeiras aconteceu quatro meses depois. Até o meio de 2018, comandou o alviverde paulista na melhor campanha geral da Taça Libertadores da América e alcançou 68% de desempenho. Ao todo, conseguiu 27 triunfos, 9 empates e apenas 8 derrotas.

Roger chega ao Esquadrão com o auxiliar Roberto Ribas, o preparador físico Paulo Paixão – pentacampeão do mundo pela seleção brasileira, em 2002 – e o analista de desempenho Jussan Lara.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*