Rio Branco-AC é um velho conhecido do Bahia da ERA dos Guimarães

Esquadrão enfrentou o time acreano duas vezes na Série C 2007

O Esporte Clube Bahia faz hoje sua estreia na Copa do Brasil 2019, diante do Rio Branco, na Arena da Floresta, no Acre, duelo marcado para iniciar às 22h30 no horário de Salvador. Por ser melhor ranqueado na CBF, o Esquadrão joga pelo empate para avançar de fase. Obtendo êxito, o Tricolor Baiano enfrenta o Santa Cruz de Natal que despachou o Tupi-MG vencendo por 1 a 0, na última quarta-feira (6), na Arena das Dunas. Pela participação na primeira fase, o Bahia recebe R$ 1.050.000.

O Rio Branco do Acre é um velho conhecido de tempos difíceis e sofríveis vividos pelo Tricolor Baiano, na ERA dos Guimarães. Mais de 10 anos se passaram, e hoje, ainda se recuperando depois de conseguir se reerguer, o Esquadrão revê o Rio Branco no jogo mais importante da equipe acreana no ano do seu centenário.

Na Série C de 2007, o Rio Branco foi adversário direto do Bahia na 3ª fase da competição, grupo 25, que tinha ainda ABC e Fast. Ambos disputaram ponto a ponto a segunda vaga para o octogonal final, que deu a segunda vaga da chave ao Esquadrão na última rodada pelo critério do saldo de gols, já que os times ficaram empatados na pontuação (10 x 10).

Nos confrontos diretos, naquela fase da Série C, o Bahia venceu o Rio Branco por 2 x 1 na velha Fonte Nova, porém, no Acre foi derrotado por 3 x 2, jogando na Arena da Floresta, mesmo palco do duelo pela Copa do Brasil de 2019 ainda sem data confirmada.

O Bahia chegou na última rodada da Série C de 2007 precisando vencer o Fast e torcer para o Rio Branco não vencer o ABC. Moral da história: O Esquadrão fez 1 a 0 no Fast com mais de 60 mil na Fonte Nova com gol sofrido de Charles aos 50 minutos do segundo tempo, enquanto o Rio Branco ficou no 0 x 0 com o líder ABC, sendo eliminado.

Avançaram até a fase final oito clubes e os quatro primeiros garantiram o acesso para a Série B de 2008, sendo eles: Bragantino (campeão) com 26 pontos, Bahia (2º com 24), Vila Nova-GO (3º com 23) e ABC (4º com 23). Ficaram de fora: CRAC-GO, Atlético-GO, Barras-PI e Nacional de Patos-PB.

FICHA: RIO BRANCO (AC) 3 X 2 BAHIA – Campeonato Brasileiro da Série C 2007



Rio Branco (AC)
Marcus Vinicius; Ley, Ico, Rodolfo(Marquinhos) e Rafinha(Doca); Zé Marcos, Ismael, Neném e Testinha(Garanha); Marcelo Braz e Juliano César.
Técnico: João Carlos Cavallo.

Bahia
Márcio Angonese; Carlos Alberto, Alison, Eduardo e Adilson; Fausto, Humberto, Preto(Avine, Danilo Gomes) e Cléber; Nonato e Charles(Moré).
Técnico: Arturzinho.

Local: Arena da Floresta, em Rio Branco (Acre).
Árbitro: Marcos Rassi Fernandes (GO)
Assistentes: Wilson Aquino e Moacir da Cruz (RO)
Gols: Moré aos 43 min do 1º tempo e Nonato aos 34 min do 2º tempo (Bahia); Julio Cesar aos 6 min, Marcelo Braz aos 7 min e Ley aos 39 min do 2º tempo(Rio Branco).
Cartões Amarelos: Ley, Zé Marcos e Ismael (Rio Branco); Alison, Eduardo e Humberto (Bahia).
Cartão vermelho: Nonato (Bahia), aos 45 min do 2º tempo.

Assistir Rio Branco-AC x Bahia AO VIVO pela 1ª fase da Copa do Brasil

Deixe seu comentário

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*