Zagueiro esquece passado tricolor e quer fazer história no Vitória

"O que aconteceu lá atrás é passado", disse

Foto: Maurícia da Matta / EC Vitória

De volta à Salvador, onde defendeu o Bahia na Série B de 2015, o zagueiro Thales – que chegou por empréstimo do Internacional na negociação que levou Neílton para o Beira-Rio – agora vestirá as cores rubro-negras do Esporte Clube Vitória na temporada 2019. O jogador, em entrevista ao Bahia Notícias, deixou o “passado tricolor” de lado, pediu o apoio do torcedor e garantiu que está muito feliz e focado somente em fazer história pelo Leão.

“O que aconteceu lá atrás é passado, estou vivendo o presente, estou muito feliz no Vitória e espero construir uma história muito bonita aqui. Espero que os torcedores entendam que o que aconteceu foi no passado e me apoiem também para que junto à equipe a gente consiga trilhar um caminho de sucesso”, afirmou.

Thales foi testado pelo técnico Marcelo Chamusca na equipe titular, formando a dupal de zaga ao lado de Edcarlos. Caso o treinador mantenha o time dos treinamentos, o jogador fará sua estreia na próxima quinta-feira, às 20h30, diante do Vitória da Conquista, pela primeira rodada do Campeonato Baiano. Ele revelou estar bastante ansioso.

“Estou bem ansioso para estrear, para entrar no estádio e ver a torcida ali. Esse frio na barriga acontece com todo jogador e vai sempre acontecer. Sempre vai acontecer é indiferente em jogo de estreia ou próximo jogo vou estar sempre com frio na barriga e é isso que nos mantém alerta e motivado para entrar dentro de campo e dar o nosso melhor”, revelou.



O defensor espera um duelo complicado contra o Bode: “Vai ser um jogo bem complicado. Provavelmente eles vão ficar atrás da linha e a gente vai ter que propor o jogo mais vezes e temos que estar espertos para que na hora que tivemos a oportunidade fazer o gol e não sofre lá atrás”, finalizou.

Thales foi revelado na base colorada e em 2015 disputou a Série B pelo Bahia, entrando em campo naquela temporada 21 vezes e marcando um gol. Acumula passagens ainda por Atlético Goianiense (2016) e CSA (2017). Em 2018, fez 6 jogos pelo time principal do Inter no Gauchão e 7 partidas pelo time Sub-23 no Brasileiro de Aspirantes.

Chamusca indica time titular do Vitória para encarar o Vitória da Conquista

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*