Santos desiste de Lindoso e deve oferecer R$ 13 milhões e pacotão por Ramires

Meia do Bahia também é alvo de clubes europeus

Buscando reforçar o seu meio-campo, o Santos focou em dois jogadores: Rodrigo Lindoso, do Botafogo, e Ramires, do Bahia. O primeiro, porém, já é carta fora do baralho santista. De acordo com informações do jornal “A Tribuna” divulgadas no Fox Sports, a negociação envolveria o atacante Copete, que não está nos planos do Peixe, no entanto, o colombiano ganha um salário considerado alto para os padrões do clube carioca. Sendo assim, a negociação morreu antes mesmo de chegar no berço.

A ideia do clube da Vila Belmiro era contratar Lindoso por empréstimo até o final deste ano e envolver um atleta na transação. Com a desistência do negócio, o Santos volta suas atenções 100% para o meia Ramires, de 18 anos e principal revelação do Bahia em 2018. O jovem já recebeu sondagens de Palmeiras, Corinthians e Flamengo no futebol brasileiro, além de clubes europeus que enviaram representantes no final da temporada passada para observá-lo em ação na Arena Fonte Nova, porém, não houve proposta oficial.

Ainda segundo o portal, o Santos pretende adquirir parte dos direitos econômicos de Ramires e deve formalizar nos próximos dias uma proposta que envolveria US$ 3,5 milhões (R$ 13 milhões na cotação atual), o goleiro Vladimir e envolver dois jogadores por empréstimo: o meio-campo Jean Mota (que é alvo do Esquadrão) e o volante Alison. O Bahia ficaria com um percentual do atleta e receberia parte do valor de uma futura venda. Uma proposta sem sentido e totalmente distante do que pensa a diretoria tricolor que certamente irá recusar caso chegue às mãos.



Ramires está atualmente servindo à Seleção Brasileira Sub-20 ao lado do atacante Rodrygo, jovem promessa do Santos. Ambos farão parte do grupo que disputará o Sul-Americano da categoria no Chile.

Eric dos Santos Rodrigues (Ramires) foi promovido ao elenco principal após chamar a atenção do técnico Enderson Moreira atuando pelo time Sub-23 no Brasileiro de Aspirantes. Estreou entre os profissionais sendo titular no duelo contra o Sport-PE, em que o Bahia venceu por 2 x 0, na Fonte Nova, e desde então se firmou entre os titulares. Marcou seu primeiro gol no triunfo por 2 x 1 diante do Botafogo, pela Copa Sul-Americana. Nesta temporada fez 17 partidas e marcou dois gols, sendo titular absoluto do time no segundo turno do Brasileirão.

Edigar Junio deixa o Bahia para atuar no futebol japonês em 2019

Deixe seu comentário