Fernandão pode reestrear pelo Bahia no BA-VI pela Copa do Nordeste

Na primeira passagem, o camisa 20 estreou contra o Vitória

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Após anunciado a apresentado, a expectativa do torcedor agora é pela reestreia do atacante Fernandão com a camisa tricolor. E assim como aconteceu em 2013, na sua primeira passagem, o atacante Fernandão pode fazer seu primeiro jogo pelo Bahia nesse seu retorno, diante do Vitória, em clássico BA-VI marcado para o dia 3 de fevereiro, na Arena Fonte Nova, pela terceira rodada da Copa do Nordeste. Isso, é claro, se estiver apto fisicamente e for regularizado à tempo, o que pode demorar um pouco mais devido ser uma transferência internacional. Antes, porém, o Tricolor enfrenta Santa Cruz e Bahia de Feira.

Na primeira passagem, Fernandão foi contratado pelo Bahia em abril de 2013 e estreou no clássico BA-VI pela primeira fase do Campeonato Baiano, entrando no decorrer do jogo vencido pelo Vitória por 2 a 1. Ele também esteve em campo nas finais do Estadual e anotou 3 gols, porém, viu o Leão aplicar 7 x 3 na ida e empatar por 1 x 1 na volta, conquistando o título baiano, numa época difícil para o Esquadrão, na época ainda comandado pelo presidente Marcelo Guimarães Filho.

Dessa vez a história é completamente diferente. O camisa 20 chega mais experiente e já com status de ídolo e xodó da torcida, além disso, em definitivo com contrato até 2020. Além disso, encontra clube organizado, com uma diretoria competente, que paga os salários em dia, que se preocupa com a saúde financeira do Bahia, que respeita e ouve o torcedor, um clube numa crescente nos últimos anos desde a gestão de Marcelo Sant’Ana e agora com Guilherme Bellintani, caminhando para buscar coisas maiores e com um elenco qualificado.



Fernandão defendeu o Bahia em 2013, emprestado pelo Atlético-PR, com uma passagem rápida de pouco menos de um ano. Chegou em abril e logo caiu nas graças da torcida com gols e muita vontade dentro de campo. No total, foram 41 partidas e 18 gols, 15 deles no Brasileiro da Série A em que esteve em campo 34 vezes. Naquela temporada, o Tricolor terminou na 12ª colocação com 48 pontos.

Após se destacar pelo Bahia, foi contratado pelo Bursaspor, da Turquia, e no mesmo país defendeu também o Fenerbahçe, ambos com sucesso. Chegou ao Al Wehda no meio de 2018, porém, pouco entrou em campo. Foram 14 jogos (9 como titular) e 2 gols. Ele acumula passagens ainda por América-RJ, Tombense, Flamengo, Volta Redonda, Paysandu, Macaé, Democrata, Guarani-SP e Palmeiras.

Fernandão e Gilberto no mesmo time. É possível? Enderson Moreira responde

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*