Bahia adquiriu Fernandão em definitivo por R$ 4,5 milhões, revela Bellintani

"Não é fruto de nenhuma loucura", garante o presidente

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Nesta quarta-feira (23), antes do atropelo do Bahia para cima da Juazeirense (7 x 1) pelo Campeonato Baiano na Arena Fonte Nova, o presidente Guilherme Bellintani, ao lado do diretor de futebol Diego Cerri e do vice-presidente, Victor Ferraz, apresentaram o centroavante Fernandão, sonho antigo do clube desde a saída do jogador em 2013. O camisa 20 pisou no gramado no intervalo do jogo e foi idolatrado pelos quase 15 mil tricolores.

Na entrevista coletiva, Bellintani revelou que adquiriu o centroavante em definitivo pelo valor aproximado de R$ 4,5 milhões, segundo ele “absolutamente compatível com a realidade do clube ao longo de 2019 e 2020”, não sendo uma loucura, e contando com a ajuda de empresas parceiras. O contrato do atacante de 31 anos será até o final de 2020 com possibilidade de renovação por mais um. Além disso, Fernandão abriu mão de um valor significativo.

Veja abaixo



“Não é fruto de nenhuma loucura, decisão fora do planejamento financeiro do clube. Justamente por isso a gente não conseguiu contar com Fernandão no ano passado. Não foi possível porque estava fora do alcance financeiro do clube. Com o crescimento orçamentário e a conjunção de dois fatores, uma estratégia de marketing e o desejo profundo do jogador de voltar ao Brasil. Adquirimos Fernandão em definitivo com contrato de dois anos e clausula de renovação por mais um ano, pelo valor aproximado de R$ 4,5 milhões. Valor absolutamente compatível com a realidade do clube ao longo de 2019 e 2020. Não é pagamento à vista”, revelou.

Fernandão abriu mão de valor financeiro significativo para jogar no Bahia

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*