Nova atualização das chances de queda de Bahia e Vitória na Série A

Esquadrão aumentou as chances de Sul-Americana

A 32ª rodada do Campeonato Brasileiro só será finalizada nesta segunda-feira com um jogo isolado e de enorme interesse para o Vitória que se encontra em situação delicada.Sport-PE e Ceará se enfrentam às 20h (de Brasília) na Ilha do Retiro, confronto direto e que pode mudar a parte de baixo da tabela onde os clubes lutam contra o rebaixamento. Se o Sport vencer, o Paraná estará matematicamente rebaixado. Ainda que a rodada ainda não esteja encerrada, os matemáticos pegaram as calculadoras e atualizaram as chances de título, Libertadores, Sul-Americana e rebaixamento dos clubes na Série A.

Depois do Infobola, do matemático Tristão Garcia, foi a vez do site Chance de Gol atualizar os números após a partidas de sábado e deste domingo. De acordo com o nova análise, o Esporte Clube Bahia diminuiu de 1.8% para 0.4% as chances de queda e aumentou a possibilidade de conquistar uma vaga para a Sul-Americana de 2019, passando de 70.3% para 79.4%. O Esquadrão, após vencer a Chapecoense, assumiu a 11ª colocação com 40 pontos.

Já a situação do Esporte Clube Vitória permanece delicada, mesmo o time saindo do Z-4. Com o empate diante do lanterna Paraná, o Leão aumentou de 63.2% para 73.5% a probabilidade de queda para Série B. Lembrando que em caso de empate (não sendo por 0 x 0) ou triunfo do Sport-PE sobre o Ceará hoje à noite, o Rubro-Negro Baiano retornará à zona de rebaixamento. O próximo compromisso do Vitória é contra o Bahia, em clássico BA-VI agendado para o próximo domingo, às 16h, no Barradão.

Já na parte alta da tabela, o Palmeiras ao vencer o Santos chegou aos 66 pontos, abrindo 5 pontos para o Internacional, novo vice-líder. De acordo com o Chance de Gol, o Verdão tem 92.4% de probabilidade de levantar a taça, seguido por Inter com 4.8%, enquanto o Flamengo que apenas empatou com o São Paulo tem 2.7% e o tricolor do Morumbi, apenas 0.08%.

Veja a tabela completa abaixo



Entenda como são feitos os Cálculos pelo “Chance de Gol”



As probabilidades de título, classificação, rebaixamento etc. publicadas neste site são obtidas com base nas probabilidades de vitória, empate e derrota calculadas para cada um dos jogos ainda não realizados no campeonato em questão. A partir de milhares de simulações de todos esses jogos, são contabilizadas todas as possibilidades de cada uma das equipes se classificar à fase seguinte, ir para a repescagem etc.

As probabilidades de cada resultado de cada jogo dependem basicamente da força de cada oponente. Tais forças, após quantificadas e ordenadas, são divulgadas mensalmente nos Rankings Chance de Gol de Seleções, Brasileiro de Clubes e Mundial de Clubes.

As forças calculadas e divulgadas nos Rankings Chance de Gol visam medir e ordenar o status atual dos clubes brasileiros e dos clubes e seleções de todos os continentes. Trata-se, portanto, de um conceito diferente dos rankings frequentemente publicados por revistas e jornais, que pretendem apurar “as melhores equipes da história”, independentemente de seu nível técnico atual. Os Rankings Chance de Gol são, na verdade, ratings, se assemelhando em conceito aos rankings da FIFA, da IFFHS e da ATP, por exemplo, no sentido em que tem por objetivo apurar “as melhores equipes da atualidade”, independentemente de seu currículo histórico.

Os resultados dos jogos considerados são processados levando em conta, entre outros fatores, o local de jogo (se em casa, fora de casa ou em campo neutro), a idade dos jogos (jogos mais recentes têm peso maior) e a força dos adversários. Os cálculos levam em conta os jogos realizados estritamente dentro do período especificado e não levam em consideração títulos ou classificações conquistadas ou quaisquer outras informações de cunho histórico, pois os resultados e títulos obtidos há 10, 20 ou 40 anos nada têm a ver com o estágio técnico atual dos times. Também não são considerados fatores não-matematizáveis como tabus, invencibilidades, desfalques, contratações, interferências de arbitragem, conjunturas políticas etc.

32ª rodada: Risco de rebaixamento do Bahia diminui e do Vitória aumenta

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*