Vitória perde Rhayner, mas ganha ‘reforços’ para enfrentar a Chapecoense

O meia tomou o terceiro amarelo contra o Santos

Foto: Maurícia da Matta

Após derrota para o Santos, por 1 x 0, em pleno estádio Manoel Barradas, o Esporte Clube Vitória permanece no Z-4 nesta rodada e agora só pensa no próximo confronto, que é direto e vale SEIS pontos, contra a Chapecoense, no dia 14 de outubro, um domingo, às 11 horas, na Arena Condá. Será o reencontro do Leão com o técnico Guto Ferreira, ex-Bahia. O Rubro-Negro é o 17º com 30 pontos e pode ser ultrapassado pela Chape, 18º com 28 e que ainda joga na rodada, contra o Atlético-MG.

Para o próximo compromisso, o técnico Paulo César Carpegiani perdeu o meia-atacante Rhayner, que recebeu o terceiro cartão amarelo no duelo diante do Santos e terá que cumprir suspensão automática. Outra ausência é o reserva Maurício Cordeiro, que saiu do banco para ser expulso na partida desta sexta-feira. Por outro lado, o treinador ganha “reforços”, se é que podemos tratar Neílton como um reforço diante da fase negativa que vive o jogador. O camisa 10 retorna de suspensão, assim como o volante Léo Gomes – que vem jogando muita bola.



Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*