Bellintani fala sobre marca própria do Bahia e camisa com preço popular

"O royalties da gente era 10% com a Umbro", disse

Spread the love

O presidente do Esporte Clube Bahia, Guilherme Bellintani, foi o convidado do programa “Futebol da Veia”, do canal ESPN, na última sexta-feira (26), onde abordou diversos temas de interesse do torcedor, entre eles, a marca própria do clube, chamada de “Esquadrão”. Segundo o mandatário, com a Umbro, o Bahia recebia apenas R$ 11,00 por cada camisa vendida de R$ 250,00. O mandatário também confirmou que será lançada uma camisa com um preço popular em breve. “Nossa torcida não tem dinheiro para consumir a camisa igual do jogador”, disse.

“O royalties da gente era 10%, significa, que uma camisa vendida a 250,00 ao torcedor, 10% sobre o preço de venda para a Loja, a gente ganha 11 reais. E o torcedor quando comprava a camisa de 250,00, ele se sentia ajudando o clube. Então aquilo era uma coisa meio falsa”, disse.

Veja o vídeo abaixo:



VEJA TAMBÉM

Bellintani sobre o VAR: ‘R$ 800 mil no ano é uma mixaria perto do prejuízo’

Deixe seu comentário

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*