Me senti como um torcedor do Vitória no jogo Bahia 2 x 1 Botafogo

"Bahia vai ter que jogar muito mais se quiser classificar"

Foto: Felipe Oliveira / ECB

Na quinta-feira,  no triunfo do Esporte Clube Bahia por 2 x 1 sobre o Botafogo, me senti como um torcedor do Vitória, levando sufoco o jogo todo e ganhando de forma inexplicável. Não sei qual foi a última vez que fomos tão dominados na Arena Fonte Nova.

O Botafogo criou cerca de 20 oportunidades de gol, algo absurdo, nem na derrota para o Grêmio vi algo assim. Apesar da falha, o goleiro Douglas salvou vários gols e ainda contamos com a ajuda da trave, por duas vezes, no primeiro tempo. Foi o inverso do que normalmente nós fazemos.

Se somar as chances de Internacional, São Paulo, Santos e Palmeiras, acho que não dá isso. O time esteve muito mal em todos os setores, sobretudo o sistema defensivo como um todo. Falta de cobertura dos laterais, volantes, mal posicionamento de forma geral.

Meio-campo foi inexistente e o ataque idem. Salvaria apenas Ramires, Douglas (mesmo com a falha) e, talvez, Lucas Fonseca. Quando o Esquadrão fez 2 x 0, com o meia Ramires e o atacante Clayton, eu mal pude acreditar, considerando o panorama do jogo.

Vai ter que jogar muito mais do que isso se quiser classificar… não vai levar sorte assim novamente. Rezar para ter sido apenas um dia ruim. No jogo de volta, o Tricolor joga pelo empate, porém, se perder por 1 x 0, abandona o torneio por causa do critério do gol qualificado.

Zé Duarte, torcedor do Bahia, amigo e colaborador do Futebol Bahiano.



Deixe seu comentário