Com 10, Bahia é aguerrido, luta, mas perde para o Vasco e encosta no Z-4

Esquadrão perdeu Douglas (expulso) ainda no primeiro tempo

Foto: Globoesporte

O Esporte Clube Bahia desembarcou no Rio de Janeiro com o principal objetivo de vencer o Vasco da Gama em São Januário em jogo chave para se afastar da zona perigosa, algo visível pela atitude da equipe em campo desde os minutos iniciais, e certamente teria conseguido se não fosse a o pênalti e a expulsão do goleiro Douglas aos 28 minutos do primeiro tempo, que mudou totalmente o cenário onde o Esquadrão era superior e criava as melhores oportunidades. Mesmo com 10, o Tricolor foi aguerrido, lutou, buscou o empate com Gilberto, mas na parte final permitiu o desempate vascaíno e acabou derrotado por 2 x 1, um tropeço preocupante já que reabilita um concorrente direto na briga contra o descenso.

Com o resultado, o Bahia voltou à encostar na zona de rebaixamento, estacionando na 15ª colocação com os mesmos 29 pontos, há 1 ponto da Chapecoense, primeiro integrante do Z4. Essa foi a nona derrota do Esquadrão como visitante no Campeonato Brasileiro. Empatou três e venceu apenas uma única vez fora de Salvador – O Ceará. O próximo compromisso do Tricolor Baiano é contra o Flamengo, no próximo sábado (29), às 21 horas, na Arena Fonte Nova, duelo onde o triunfo é extremamente necessário e obrigatório.

O Bahia começou o jogo sufocando e imprensando o Vasco no seu campo de defesa, e criou pelo menos três chances claras para abrir o placar com Ramires e Gilberto duas vezes, mas esbarraram no goleiro Martín Silva. Porém, aos 28 minutos, um lance mudou o cenário da partida. Grolli vacilou e Ríos ficou cara a cara com Douglas que foi obrigado a cometer o pênalti. Leandro Pedro Vuaden assinalou e expulsou o goleiro. Yago Pikachu cobrou e converteu. Mesmo com 10, o Esquadrão seguiu tentando e aos 48 minutos, o oportunista e sempre eficiente Gilberto recebeu passe de Élber e finalizou, a bola desviou na defesa e matou Mártin Silva. 1 x 1 no placar.

No segundo tempo, o jogo ficou ainda mais eletrizante com as duas equipes buscando o gol. O Bahia, mesmo com a inferioridade numérica em campo, não abriu mão de atacar e aproveitou os espaços deixados pelo Vasco utilizando a velocidade no contra-ataque. No entanto, completo e empurrado por sua torcida, o Vasco foi para cima e conseguiu balançar a rede com Marrony, aos 32 minutos, garantindo o triunfo cruzmaltino e o primeiro sob comando do técnico Alberto Valentim que vinha de 4 derrotas e 1 empate. Para o tricolor, resta a lamentação por ter perdido um jogo onde tinha reais condições de vencer.



Veja os gols do jogo Vasco 2 x 1 Bahia pela 26ª rodada do Brasileiro

Deixe seu comentário