Palmeiras defende TABU contra o Bahia: Não perde desde 2012

O Esporte Clube Bahia tem sem duvida o jogo mais importante da temporada ao enfrentar o Palmeiras nesta quinta-feira decidindo o avanço para ass semifinais da Copa do Brasil, competição considerada a segunda maior em importância no bagunçado calendário do futebol Brasil onde os Campeonatos Estaduais, aqueles falidos, alguns fajutos ocupam parte das datas do primeiro semestre gerando como consequência, competições simultâneas no segundo semestre obrigando os clubes a utilizar times reservas ou misto esvaziando o Campeonato Brasileiro.

No entanto, os estaduais precisam existir já que é utilizado para oferecer vida útil as Federações Estaduais de Futebol de cada Estado, que por sua vez, elegem quem desejar para ocupar o cargo de presidente da CBF, aliás, não é por acaso que cada uma delas, recebe duas mesadas mensalmente da CBF.



Voltando ao que importa. O duelo é difícil para o Esporte Clube Bahia até pelo historia e o histórico do duelo entre os clubes. Clubes de região de poder econômicos distintos e talvez por isto, o tricolor de aço não tenha o suporte financeiro para montar um elenco capaz de entrar num jogo deste porte sem ser um autentico azarão, ainda que as chances de ontem sejam bem maiores que as foram ontem.

No jogo, o Palmeiras defende um TABU positivo. O time paulista não perde o tricolor desde 2012. Neste intervalo, os times se enfrentaram em sete ocasiões, com quatro vitórias do Palmeiras e outros três empates. E dentro desta série invicta, o saldo de gols também favorece a equipe paulista que balançou as redes adversárias 12 vezes contra cinco gols sofridos.

Deixe seu comentário