Enderson explica Élber e afirma que Bahia joga sempre para vencer

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

O Esporte Clube Bahia entrou em campo neste domingo defendendo uma invencibilidade de 7 jogos no Campeonato Brasileiro, mas também almejando o primeiro triunfo como visitante na competição diante do Cruzeiro do Mineirão, e até saiu na frente do marcador com Douglas Grolli decretando a Lei do EX, porém, um erro defensivo ocasionou o empate da Raposa com Thiago Neves, em duelo válido pela 19ª rodada e a última do primeiro turno da Série A.

Após a partida, o técnico Enderson Moreira voltou a destacar a boa atuação do time tricolor e afirmou que independente de jogar dentro ou fora, o Bahia entra sempre para conquistar o triunfo. Sobre o TABU de não vencer como visitante no Brasileiro, o treinador destaca que é algo que vai acontecer naturalmente. Já sobre a escolha de Élber para o lugar de Edigar Junio, ele explicou.

“Acho que não tem coisa de melhor, estamos construindo boas atuações. Quando você perde, a equipe adversária faz três pontos. Não temos jogado para empatar, estamos jogando para vencer. Não colocamos o time para se defender, estamos buscando e hoje passou perto. Se a gente segura mais o 1 a 0, eles dariam possibilidade de contra-ataque. Tivemos uma oportunidade que se a gente tivesse capricho, teríamos os três pontos (…) É uma coisa que vai acontecer (vencer fora de casa). Estamos trabalhando muito para isso. Os jogadores tem entendido esse processo de jogar com qualidade, de enfrentar os adversários de fora objetiva, sem ficar apenas defendendo. É uma questão de sorte para a gente voltar em um jogo fora com esse triunfo (…) Edigar, com o desgaste, ele e o Zé Rafael tem apresentado, o Gilberto. A gente tinha naquele momento a possibilidade de ter um jogador rápido inteligente para jogar e tentar mais profundidade em cima do Egídio para ter espaço ali”, disse.



O empate em Belo Horizonte aumenta a sequência de jogos do Bahia sem perder, agora para OITO (3 triunfos e 5 empates), porém, também mantém o TABU de não conseguir vencer fora, curiosamente 5 derrotas fora em sequência (Inter, Sport, Palmeiras, Flamengo e Paraná) e três empates (Chapecoense, Fluminense e Cruzeiro).

Na próxima rodada o Bahia recebe o até então líder Internacional na Arena Fonte Nova, em jogo agendado para às 19h30 da próxima quarta-feira (22). Enquanto isso, o Cruzeiro visita o Grêmio, no mesmo dia, às 21h45, na Arena do Grêmio.

Deixe seu comentário